PESQUISA APONTA OS BENEFÍCIOS DE TOMAR UM CAFEZINHO - News Rondônia Com certeza você já ouviu falar de muitas coisas negativas sobre café algumas até deixaram você na duvida se tomar café faz realmente bem ao corpo.

Porto Velho,

Quinta-Feira , 06 de Agosto de 2015 - 14:40 - Colaboradores


 


PESQUISA APONTA OS BENEFÍCIOS DE TOMAR UM CAFEZINHO

Com certeza você já ouviu falar de muitas coisas negativas sobre café algumas até deixaram você na duvida se tomar café faz realmente bem ao corpo.

ImprimirImprimir página

Você é um amante do café? Você acorda de manhã já pensando em tomar aquele café quentinho consegue até imaginar o cheiro dele na xícara antes mesmo de estar pronto?

Com certeza você já ouviu falar de muitas coisas negativas sobre café algumas até deixaram você na duvida se tomar café faz realmente bem ao corpo. Mais o café tem diversos benefícios que ajudam sua saúde com bate doenças e até deixam você mais disposto para enfrentar um duro dia de trabalho.

Uma pesquisa publicada na revista britânica Heart, realizada pela equipe do hospital Kangbuk Samsung, em Seul, concluiu que uma quantidade pequena de café reduz a presença de cálcio nas artérias coronárias, elemento considerado responsável pela aterosclerose. A aterosclerose, caracterizada pelo acumulação de lipídios na parede vascular, pode causar o estreitamento e endurecimento das artérias, o que forma perigosos coágulos de sangue capazes de desencadear um derrame cerebral ou infarto. Os pesquisadores sugerem que tomar de três a quatro xícaras de café por dia pode diminuir o risco de infarto por obstrução arterial. No entanto, eles afirmam que são necessários novos estudos para confirmar os resultados e encontrar uma explicação biológica para os supostos efeitos do café para prevenir a obstrução das artérias.

Mais de 25 mil homens e mulheres sul-coreanos, com idade média de 21 anos e que não tinham sintomas de doenças cardiovasculares participaram da pesquisa. De acordo com o estudo, a média de cálcio nas artérias das pessoas que ingerem de três a quatro xícaras de café por dia é 10% menor em relação àquelas que tomam de uma ou até três xícaras, e quase 20% menor se comparada aos que bebem menos de uma. Uma observação importante é que o estudo foi feito na Coreia do Sul, país com uma dieta diferenciada, e por isso os resultados poderiam não ser os mesmos se realizados em outros lugares do mundo. 

Os benefícios do café são os mais diversos ele age de varias formas em nosso organismo mais basicamente ele é bom para:

Tomar café ajuda a prolongar seu tempo de via;

A cafeína ajuda a regular o fígado;

Ajuda no combate a diabetes tipo 2;

Ajuda no combate ao câncer;

Atrasa o aparecimento do mal de Parkinson;

Combate Alzheimer;

Ajuda a neutralizar o aparecimento de AVC;

Café pode ajudar a combater a depressão;

Ótimo para combater Asma e dor de cabeça.

È rico em antioxidante e com isso combate o aparecimento de rugas e macas de expressão na pele.

DORMIR NU PODE TRAZER SONO MELHOR

Tome banho, escove os dentes e NÃO vista o seu pijama. Você está preparado para mais uma noite de sono. A Coluna "Espaço Livre", listou alguns motivos científicos que comprovam que dormir nu é bom para você. 

Parece brincadeira, mas não é: dormir do jeito que você veio ao mundo é saudável e emagrece.

1. Você vai dormir melhor

Enquanto dormimos, nossa freqüência cardíaca cai, diminuindo a temperatura do corpo. Dormir de pijama pode atrapalhar esse processo natural e interferir em seu sono - afinal você fica mais quente do que o natural. Muitos casos de insônia estão ligados à temperatura corporal.

2. Você vai se sentir mais atraente

A alta temperatura do corpo durante a noite interrompe a produção de melatonina e outros hormônios considerados de anti-envelhecimento. Isso faz você se sentir menos atraente, afinal, são eles que deixam sua pele e seus cabelos saudáveis.

3. Você vai emagrecer

Dormir sem roupa melhora a qualidade do sono. Isso permite que os níveis de cortisol, um hormônio associado com o estresse, diminuam bastante, mantendo os níveis de energia e de fome sob controle - quem nunca sentiu mais fome quando estava nervoso?

Quando o sono é interrompido (talvez por um pijama desconfortável), os níveis de cortisol disparam. Por essa razão muita gente acorda com fome.

4. Você vai fazer mais sexo

“Dormir nu incentiva o sexo e deixa os relacionamentos mais felizes”, disse a endocrinologista especializada em equilíbrio hormonal, Jennifer Landa. Tudo está relacionado a ocitocina, um dos hormônios responsáveis pelo apetite sexual, que também é produzido durante o sono.

5. É muito mais fácil

Escolher um pijama, se vestir, depois ter que tirar. É trabalho demais pra uma noite de sono, convenhamos. Depois de um dia de trabalho, o melhor (e mais fácil) a se fazer é tomar um banho e cair na cama - sem pijamas.

Parece brincadeira, mas não é: dormir do jeito que você veio ao mundo é saudável e pode até emagrecer! Muita coisa acontece com o nosso organismo enquanto dormimos, como a queda da freqüência cardíaca e a diminuição da temperatura corporal. Alguns motivos científicos foram listados pela "Espaço Livre" e comprovam que dormir nu traz benefícios para a saúde e a auto-estima. Estudiosos acreditam que muitos casos de insônia estão ligados à temperatura corporal, portanto, dormir de pijama pode atrapalhar o sono, afinal, você fica mais quente do que o natural. Você também irá se sentir mais atraente e existe uma explicação pra isso.

A alta temperatura do corpo durante a noite interrompe a produção de melatonina e outros hormônios considerados de anti-envelhecimento. Isso faz você se sentir menos atraente, afinal, são eles que deixam sua pele e seus cabelos saudáveis. Ao dormir “mais à vontade” e com a queda da temperatura, a produção desses hormônios se regularizaria. Melhorando a qualidade do sono em geral, pode-se estimular até mesmo o emagrecimento. Isso se dá porque os níveis de cortisol, um hormônio associado ao estresse, diminuem bastante, mantendo os níveis de energia e de fome sob controle, visto que costumamos nos sentir mais famintos quando estamos nervosos. Quando nosso sono é interrompido, o que pode acontecer por causa de um pijama desconfortável, por exemplo, os níveis de cortisol disparam. Por essa razão, muita gente acorda com fome. Outro hormônio que é produzido durante o sono é a ocitocina, responsável pelo apetite sexual. Logo, os estudiosos apontam que os relacionamentos amorosos são mais felizes, para aqueles que dormem bem.

OBESIDADE X CÂNCER

Uma pesquisa da organização britânica Cancer Research UK sugere que a obesidade aumenta em até 40% as chances de mulheres desenvolverem sete tipos de câncer. Segundo os pesquisadores, a obesidade pode aumentar o risco de desenvolver câncer de muitas formas. Uma possibilidade é que a doença esteja ligada à produção de hormônios em células de gordura, especialmente o estrogênio. Acredita-se que o estrogênio seja o combustível para o desenvolvimento de câncer. Os pesquisadores afirmam que a obesidade pode aumentar o risco de câncer de intestino, câncer de mama depois da menopausa, de vesícula biliar, rins, pâncreas, útero e câncer de esôfago. Cerca de 274 mulheres tiveram maior tendência a desenvolver câncer ao longo de sua vida, dentro do grupo de mil mulheres obesas que foram analisadas. Após analisarem outro grupo com mil mulheres que possuíam o peso considerado normal, foi descoberto que 194 delas tinham chances de ser diagnosticadas com câncer durante suas vidas. Os estudiosos orientam que pequenas mudanças no estilo de vida já podem ajudar a evitar a doença em mulheres obesas. A inserção de novos hábitos deve ocorrer aos poucos e com sensação de bem-estar. Só assim, haverá impacto real a longo prazo. Parar de fumar, manter um peso saudável, ter uma dieta saudável, diminuir o consumo de álcool, ter uma prática regular de exercícios são grandes oportunidades para reduzir o risco de desenvolver a doença. Tais hábitos não são uma garantia contra o câncer, mas aumentam as possibilidades a favor de uma vida mais saudável.

A obesidade é um doença, e não uma condição. Uma pessoa é considerada obesa quando tem um IMC (índice de massa corporal) maior que 30. O IMC é calculado dividindo o peso do indivíduo pelo quadrado de sua altura. Segundo o doutor Vinicius Vasquez, diretor clínico do Hospital de Câncer de Barretos, ainda não há uma explicação que dê conta da relação direta entre o câncer e a obesidade. “Essa relação não é muito clara, embora a gente saiba que ela exista. O que se tem certeza é que as populações que têm um índice elevado de obesidade apresentam maiores índices de tumores, como os que levam ao câncer de intestino e de mama, por exemplo, do que aquelas com hábitos mais saudáveis”. Os hormônios secretados pelas células alteradas pela obesidade e as inflamações que provém dessa enfermidade seriam explicações possíveis para essa relação.

Um estudo, publicado no dia 14 de agosto, no periódico científico Lancet, analisou informações de saúde de mais de 5 milhões de pessoas e chegou a resultados que ressaltam a importância da relação entre obesidade e câncer. Os achados mostram que a obesidade aumenta os riscos para 10 dos 22 tipos mais comuns de câncer.

A cada elevação de 5 kg/m² no índice de massa corpórea (IMC - obtido dividindo o peso em quilos pela altura ao quadrado), há um aumento de 62% no risco de câncer do útero, de 31% para o câncer de vesícula, de 25% para os rins, de 10% para o câncer de colo do útero e de 9% tanto para o câncer de tireoide quanto para a leucemia. O estudo mostrou também influência da obesidade no aparecimento de câncer colorretal, fígado, ovários e mamas. Segundo os pesquisadores, o excesso de peso foi responsável por mais de 12.000 casos de câncer por ano no Reino Unido.

Pense magro

Pense magro, foque em coisas que te deixam feliz, sem ser comida. Em uma festa, foque nas pessoas, nas músicas e não apenas nos pratos. Coma devagar, saboreando e não devorando. Não queira sempre o maior bife, o maior pedaço de bolo. A comida é necessária, mas não é a coisa mais importante da sua vida, é só uma delas.

Por José Carlos Paim

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: José Carlos Paim

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt