Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2013 - 18:36 (Colaboradores)

‘‘PAU QUE DÁ EM CHICO DÁ EM FRANCISCO’’ – POR DANIEL MARTINS

O ditado popular dito pelo procurador-geral, quer dizer que, a lei que vale para um, vale para todos. Mas já que a injustiça está prevalecendo nesse país, o procurador quer nos dizer que o mensalão mineiro não vai dar em nada também.


Imprimir página

Na última sexta-feira 20, o novo procurador-geral da República, Rodrigo Janotconcedeuentrevista ao Estadão e logo de cara ele solta, ‘‘Pau que dá em Chico dá em Francisco. ’’ Isso quando o entrevistador pergunta se ele vai acelerar o mensalão mineiro, já que o processo do mensalão está chegando ao fim.

O ditado popular dito pelo procurador-geral, quer dizer que, a lei que vale para um, vale para todos. Mas já que a injustiça está prevalecendo nesse país, o procurador quer nos dizer que o mensalão mineiro não vai dar em nada também.

Procurador, sua resposta foi infeliz, primeiro a justiça no Brasil é lenta, lerda e falha, as Leis não são rigorosas, elas vão do entendimento de cada um dos ministros e juízes, o que um entende como crime, o outro entende que é infração, exemplo claro disso é o andamento do mensalão e sem falar do processo do ex-governador e senador de Rondônia, Ivo Cassol.

Se a Lei que vale para um, valesse para todos, os mensaleiros estariam todos na cadeia cumprindo suas penas, só lembrando que esse processo está no oitavo ano, depois que a procuradoria recebeu a denuncia, então, com isso o senhor afirma que vamos passar uns oito ou dez anos ouvindo falar sobre o tal mensalão mineiro e isso não vai dar em nada no final das contas.

Procurador, era muito melhor se o senhor tivesse ficado calado, mas já que o senhor falou, melhor que o povo brasileiro passe a entender que no Brasil, as leis além de não servirem para os ricos e poderosos, os procuradores, ministros e juízes fazem de tudo para que elas continuem assim, já que a impunidade que serve para um, servirá para todos, os poderosos é claro.

 

Por Daniel Martins/ Blog do Daniel

Fonte: Daniel Martins

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias

Http://www.Auto-doc.pt