Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018 - 12:01 (Artigos)

L
LIVRE

O QUE É AVALIADO NUMA SELEÇÃO DE EMPREGO - Por Flavio Melo Ribeiro

Hoje em dia já existem diversos testes psicológicos que conseguem medir com precisão a produtividade da pessoa, tanto na sua velocidade de produção, quanto na capacidade de fazer corretamente as atividades que realiza.


Imprimir página

As avaliações numa seleção de pessoal para uma vaga de emprego vão muito além do currículo. Hoje em dia levam-se diversos pontos em consideração, como produtividade, eficiência, comportamento interpessoal e histórico profissional. Esses são os pontos principais numa avaliação de seleção de pessoal de uma empresa que busca qualidade no que faz. Aquela história de que experiências profissionais diversas e ser multitarefa só são válidos se a pessoa tiver potencial e base de conhecimento. Caso contrário é preferível à pessoa ser excelente numa atividade a ponto de ser um diferencial no mercado de trabalho.

Hoje em dia já existem diversos testes psicológicos que conseguem medir com precisão a produtividade da pessoa, tanto na sua velocidade de produção, quanto na capacidade de fazer corretamente as atividades que realiza.

A eficiência está ligada a fazer bem feito e isto é primordial no mundo globalizado em que as redes sociais são transformadas num grande tribunal de júri. Basta alguém ser mal atendido ou uma mercadoria vir diferente do que foi comprada e lá está postada a denúncia de que a empresa não fez o serviço correto. É um direito de o consumidor ser atendido em todos os aspectos. Mas para que isso ocorra é necessário que a empresa que está fornecendo o serviço ou mercadoria seja composta por uma equipe qualificada. Então um candidato atento à qualidade do que faz está na frente dos demais candidatos.

O comportamento interpessoal será definido através da cultura da empresa que está selecionando, a atividade que será realizada e o conjunto de relações que este candidato terá depois de assumir a vaga. Isto pode significar uma pessoa mais comunicativa e que se integre facilmente numa equipe, ou o inverso, uma pessoa mais solitária e retraída. Mas uma vez definida esta característica será identificada no processo seletivo.

Por fim, é levado em consideração o histórico profissional da pessoa, suas experiências, o período que vivenciou cada projeto, atividades e aprendizados nessa trajetória profissional. E vai ser esse conjunto que irá ser avaliado num processo seletivo. Nas Organizações sérias o cliente será levado em consideração através de bons serviços e produtos desenvolvidos por profissionais competentes e comprometidos. Por isso um rigor maior no processo seletivo.

Fonte: 010 - Flavio Melo Ribeiro/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias