Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2018 - 15:42 (MINHA HISTÓRIA)

L
LIVRE

O HOMEM DO TEMPO E O JORNALISMO COMUNITÁRIO

"Este foi um talento que descobri como forma de ajudar o próximo", disse.


Imprimir página

Há quinze anos levando a voz do povo para os diversos âmbitos da sociedade, quem conhece sabe que William, mais conhecido como o “Homem do Tempo” conhece como ninguém as mazelas enfrentadas pela população de Porto Velho.

William foi segundo sargento da PM, hoje aposentado ele conta que o seu primeiro contato com o jornalismo foi quando ainda fazia a segurança dos políticos na Assembleia de Porto Velho, já os políticos sempre solicitados a concederem entrevistas para os veículos de comunicação, William sempre participou do cotidiano midiático, e foi em uma dessas visitas á RedeTV RO, que o sargento foi convidado para participar da mesma entrevista, desde então ele sempre era solicitado para dar entrevistas e foi a partir daí que o então sargento pôde perceber a importância da informação na mudança de realidades.

“Comecei por intermédio de um político que sempre brincava comigo, usava camisetas de várias cores e ele associava isso às mudanças do tempo, assim que nasceu “O homem do tempo”, quando comecei a participar mais dos jornais, aprendi muita coisa e pude perceber que o jornalismo pode mudar realidades”.

A partir desse momento o sargento se dedicou a investigar os problemas enfrentados pela população, ele lembra que comprou uma câmera digital e saía atrás de material, frequentava as centrais de polícia, filmava os buracos da cidade e levava o conteúdo para ser apresentado na TV.

William viu a oportunidade de oferecer maior rapidez no seu conteúdo, com a chegada dos celulares mais modernos que converge várias mídias, assim ele pode obter maiores recursos para difundir a informação “Eu chegava na casa das pessoas e elas estranhavam, pois não acreditavam que podia fazer tudo pelo celular, sem depender de uma equipe de jornalismo, foi assim que comecei a fazer as entrevistas e divulgar instantaneamente pela internet”.

Assim o ‘Homem do Tempo’ ganhou o seu próprio programa em rede estadual, o Fique Ligado, que tem como base reportar os apelos da comunidade, como falta de atendimentos nos órgãos de saúde, buracos e esgotos a céu aberto, assim a sua popularidade com o público foi crescendo, por dia ele recebe diversas denúncias da própria população “Hoje eu não saio mais para procurar os problemas, mas a população vem até mim, têm gente que anda com o meu número, pois caso encontre alguma emergência já me liga”.

“Eu nunca imaginei que um policial poderia trabalhar em TV, este foi um talento meu que descobri como forma de ajudar ao próximo, faço o jornalismo da minha maneira, e quanto mais profissionais interessados em divulgar as informações da comunidade melhor, pois nós somos uma das principais formas as quais eles podem recorrer em um momento de sofrimento”.

O programa Fique Ligado vai ao ar de segunda a sexta-feira das 7h às 8h da manhã na TV Gazeta.

Fonte: 010 - diariodaamazonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias