Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018 - 21:11 (Colaboradores)

L
LIVRE

NOSSO ADEUS AO QUERIDO DILSON

Desembarcou em Porto Velho em 1969, acompanhando o Governador do Território Federal de Rondônia, João Carlos Marques Henriques.


Imprimir página

Acabo de saber do falecimento do querido amigo Dilson Machado, ocorrido na noite desse domingo, dia 21 de janeiro, e me sinto na obrigação de informar a todos, mas confesso, que o faço com o coração partido. Nosso amigo Dilson partiu antes da hora.

Lamentavelmente Rondônia perde mais um de seus grandes benfeitores.

Um amigo do peito e que também era muito amigo de meu saudoso pai. 

Ele deixa viúva a querida professora e escritora Sandra Castiel.

Dilson Machado Fernandes, nasceu no Rio de Janeiro, dia 2 de fevereiro de 1941.

Desembarcou em Porto Velho em 1969, acompanhando o Governador do Território Federal de Rondônia, João Carlos Marques Henriques.

Na época, ele era funcionário da Petrobrás e foi requisitando pelo Governador para assessora-lo pelo período de 1 ano e posteiromente retornar à sua empresa.

Que nada, Dilson nunca mais voltou, a não ser, quando já havia se aposentado, mas por problemas de saúde. Posso dizer sem medo de errar, que Dilson era o carioca mais rondoniense que eu conheci.

Implantou no Governo do Território, a Assessoria de Comunicação e Relações Públicas. Poucos sabem, mas ele foi o responsável pela implantação da 1a. emissora de televisão  do Território, a TV Cultura, em julho de 1974, antes mesmo da TV Rondônia. 

Foi eleito vereador em 1972 e foi considerado o vereador mais atuante, daquela que era a segunda legislatura da Câmara de Vereadores de Porto Velho.

Que Deus conforte o coração da querida Sandra, de seu único filho, o Dr. Demétrio, de suas netas e de toda família. 

Meu querido Dilson, você escreveu seu nome em nossa historia...

Você nunca morrerá.

Descanse em paz meu amigo e irmão.

Fonte: Anísio Gorayeb - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias