Quarta-Feira, 11 de Outubro de 2017 - 13:37 (Geral)

L
LIVRE

MP APURA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE CONTROLE DE VELOCIDADE EM RODOVIA ESTADUAL EM PIMENTA BUENO

A reivindicação pela implantação de mecanismos de controle de velocidade foi apresentada pela comunidade da área ao Promotor de Justiça André Luiz da Rocha Almeida, por meio de abaixo-assinado colhido no âmbito do Projeto ‘Ambiente Seguro aos Seres Vivos’.


Imprimir página

O Ministério Público de Rondônia instaurou inquérito civil público para apurar a viabilidade de implementação de medidas redutoras de velocidade na Rodovia Estadual RO-10, no trecho que abrange a área do Assentamento Casulo, Centro Tecnológico Estadual Abaitará e a Reserva Ambiental Parque Municipal de Pimenta Bueno.

A reivindicação pela implantação de mecanismos de controle de velocidade foi apresentada pela comunidade da área ao Promotor de Justiça André Luiz da Rocha Almeida, por meio de abaixo-assinado colhido no âmbito do Projeto ‘Ambiente Seguro aos Seres Vivos’. A ideia, segundo os moradores, é promover maior segurança a pessoas que circulam pela região e animais silvestres que compõem a fauna local.

Ao instaurar o inquérito, nesta terça-feira (10/10), o Promotor de Justiça requisitou aos Comandos da Polícia Militar de Pimenta Bueno, Rolim de Moura e do Distrito de Nova Estrela que informem o número de ocorrências registradas pela corporação, com número de acidentes/danos ocorridos na RO-010, mais precisamente no trecho indicado pela comunidade, decorrente de atropelamento de animais, pedestres e ciclistas.

O Ministério Público também pediu informações do Departamento de Estradas e Rodagens acerca do planejamento orçamentário para a execução de ações de engenharia de trânsito na área.

Desenvolvido pelo Centro Estadual de Educação Rural Abaitará, o projeto “Ambiente Seguro para Seres Vivos” tem como objetivo realizar pesquisa quantitativa sobre a mortandade de espécies animais pertencentes à fauna do Parque Municipal, com base no qual será solicitada a adoção de providências para minimizar as mortes dos animais e evitar acidentes com alunos moradores do Assentamento Casulo, que frenquentemente acessam a rodovia.

Fonte: 010 - mpro

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias