Sexta-Feira, 29 de Junho de 2018 - 09:45 (Cidades)

L
LIVRE

MINISTRO ANDREAZZA E ESPIGÃO DO OESTE INSTALAM POSTOS DE IDENTIFICAÇÃO; SERVIÇO HUMANIZADO É OFERECIDO EM 45 MUNICÍPIOS

A proposta é promover um espaço mais humanizado para os interessados em obter a carteira de identidade, antes requerida nas delegacias de Polícia Civil


Imprimir página

Foi inaugurado na quinta-feira (28) mais dois postos de identificação nas cidades de Ministro Andreazza e Espigão do Oeste ampliando a oferta do serviço a 45 municípios. A proposta é promover um espaço mais humanizado para os interessados em obter a carteira de identidade, antes requerida nas delegacias de Polícia Civil.

“Nosso objetivo é construir um ambiente saudável, sociável, a quem busca o documento de identidade, especialmente às novas gerações que não tem necessidade de deparar com cenas traumáticas ao recorrer às delegacias policiais na solicitação do documento pessoal. Nossa obrigação é proteger essas crianças”, disse o governador Daniel Peireira.

A agricultora de Ministro Andreazza, Glauciane Planticow, afirmou que não levaria a filha Melyssa Planticow Vilas Boas, de 6 anos, a uma delegacia. “É traumatizante para uma criança vir gente algemada. É um lugar agressivo e que fica na memória da criança para o resto da vida”, declarou a mãe da menina, a primeira a dar entrada no pedido de carteira de identidade no posto de Ministro Andreazza.

A implantação do posto de identificação no interior é um programa de cidadania do governo estadual. A formalização ocorre pela assinatura de um termo de cooperação técnica com as prefeituras, que recebem equipamentos e capacitação dos servidores.

Pela parceria, o serviço passa a ser realizado nas dependências dos órgãos públicos de cada cidade extinguindo o acesso das pessoas às delegacias de polícia.

“Estamos trabalhando há dois anos nessa ferramenta de cidadania e segurança pública, que conta com investimentos de R$ 1 milhão em tecnologia norte-americana”, explicou o diretor do Instituto de Identificação da Polícia Civil, Júlio Kasper, ressaltando que a meta é facilitar o acesso a carteira de identidade fora das delegacias.

Na inauguração do posto de identificação em Espigão do Oeste, a dona de casa Elaine Chaves Ferreira Teixeira levou a filha de 8 anos, Karoliny Chaves Teixeira para requerer a carteira de identidade. “O documento é importante porque fica mais fácil para apresentar quando estamos em viagem”, disse Elaine Chaves, comparando a carteira de identidade à certidão de nascimento. “Aqui é bem melhor do que ir numa delegacia de polícia”, ponderou a dona de casa, referindo ao ambiente social.

O prefeito de Espigão do Oeste, Nilton Caetano, agradeceu o governo de Rondônia pela parceria selada e outros benefícios concedidos ao município. “Temos que pensar no todo. A interiorização do posto de identificação é um facilitador para os cidadãos”, disse o prefeito, durante a solenidade da assinatura do termo de cooperação técnica e que também entregou 200 títulos definitivos de imóveis urbanos às famílias cadastradas no programa de regularização fundiária.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias