Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017 - 19:21 (Saude)

L
LIVRE

MINISTÉRIO DA SAÚDE LIBERA VERBAS PARA O SAMU E REFORÇA “MAIS MÉDICOS” EM RONDÔNIA

O novo aporte, segundo o ministério, garante o funcionamento de serviços que ainda não recebiam custeio federal, sobrecarregando assim o estado ou as prefeituras municipais.


Imprimir página

Nesta semana, o Ministério da Saúde anunciou investimentos importantes para Rondônia. Durante eventos realizados em dias diferentes em Brasília, foram anunciados que o governo federal disponibilizará mais verbas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e que reforçou o quadro de profissionais do programa “Mais Médicos” em quatro municípios rondonienses.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu em coletiva ao Estado de Rondônia R$ 409,5 mil reais a mais por ano para custear dois serviços do SAMU 192. O novo aporte, segundo o ministério, garante o funcionamento de serviços que ainda não recebiam custeio federal, sobrecarregando assim o estado ou as prefeituras municipais.  

Vale lembrar que o SAMU funciona 24h por dia, e socorre pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência. O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, por meio do número 192.

Em relação ao reforço do programa “Mais Médicos”, a pasta informou que cinco médicos foram enviados aos municípios rondonienses: Buritis (1), Guajará-Mirim (2), Ji-Paraná (1) e Porto Velho (1). Os trabalhos dos médicos formados no exterior começaram na última segunda-feira (09).

Tais profissionais começaram a atuar na atenção básica. Os médicos fazem parte dos cerca de 1.400 brasileiros que aderiram ao último edital do projeto. Com esse reforço, somando também aqueles com diplomas do país, já são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total. No estado de Rondônia, 303 médicos já atuam pelo “Mais Médicos”.

Fonte: NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias