Sabado, 03 de Março de 2018 - 11:50 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: RETORNO - ESCOLA DE SAMBA POBRES DO CAIARI VOLTA A SE APRESENTAR EM 2019

Entre os que marcam presença nos encontros destacamos o Deroche Neto, Paulo Santana, Eder, Leo, Raimundo Bodó e Cleverson Santana, Coalhada e Abemor, Beto Cezar, Dimarcy, Segismundo entre outros.


Imprimir página

Um grupo de abnegados pela a Escola de Samba Pobres do Caiari, que completou 54 anos de fundação no último dia 28 de fevereiro, esta se articulando para colocar novamente a escola de samba desfilando no carnaval de Porto Velho.

Tudo começou, nos encontros que acontecem praticamente todos os domingos, na calçada da Casa da Cultura Ivan Marrocos no bairro Caiari e reúne os integrantes da “Confraria Pobres do Caiari”.

Entre os que marcam presença nos encontros destacamos o Deroche Neto, Paulo Santana, Eder, Leo, Raimundo Bodó e Cleverson Santana, Coalhada e Abemor, Beto Cezar, Dimarcy, Segismundo entre outros.

A turma da Pobres do Caiari este ano desfilou nas escolas Acadêmicos do São João Batista e Os Diplomatas. “Todos os anos a gente desfila por várias escolas de samba”, confirma Dimas Coalhada. A idéia de voltar com os desfiles da escola de samba vêm sendo alimentada há alguns anos. “Chagas Neto convocou reunião e sugeriu que voltássemos com os desfiles, infelizmente à época, não demos prosseguimento ao assunto”, disse Deroche.

 

Desde o inicio do ano de 2017 que durante os encontros da Confraria Pobres do Caiari aos domingos, a conversa sobre o retorno dos desfiles da escola é assunto obrigatório.

Caso os integrantes da Pobres do Caiari decidam realmente voltar com as atividades da escola de samba, terão que procurar o presidente Narciso Freire e sua diretoria para juntos começarem a regularizar a entidade que jamais deixou de existir.

Caso a direção da agremiação concorde em voltar a colocar a escola para desfilar, terá que solicitar sua filiação à Federação das Escolas de Samba - FESEC e concordar em desfilar pelo Grupo de Acesso no carnaval de 2019.

O curioso é que se a Caiari voltar, vai ter disputar o título com sua maior rival, a Diplomatas do Samba que em 2019 irá desfilar pelo Grupo de Acesso. “Vai ser muito legal ver as duas grandes rivais voltando a “brigar” pelo título de campeã do carnaval”.

Na coluna de ontem, pensando que seria levado na brincadeira, como foi meu pensamento ao postar uma nota sobre o compositor Toninho Tavernard e a Diplomatas do Samba. Pra que? Fui mal interpretado e considerado uma pessoa “mentirosa”. Veja o que o autor do tema da Banda do Vai Quem Quer 2018, postou, indignado:

“Não, Zekatraca, eu nunca declarei que vou continuar na Diplomatas, como também nunca disse que não vou continuar na Diplomatas. Como também nunca declarei que prefiro fazer samba pra escola do grupo de acesso do que ser voto vencido em outras escolas. Não declarei isso pra você e nem pra ninguém.

Ou você tá mentindo, ou sua fonte de informação é muito ruim”.

Assim sendo procurei justificar a publicação, que na minha concepção não passa de gozação, “brincadeira”. Olha ao minha resposta ou minha defesa:

E eu nunca disse que alguém me disse o que você disse que não disse! Por isso, dentro do espírito da coluna. Fica o dito pelo não dito e o não dito pelo dito que não foi dito. Obrigado por você dar atenção a essas "mentiras" publicadas por mim. Quando chegar as disputas de samba enredo poderemos confirmar ou não, o que vc disse que não disse. Abçs.

Amigos estou em viagem rumo ao meu tratamento de saúde. Estarei em Cascavel (PR), sendo submetido a uma procedimento de Ponte de Safena. Aproveito para agradecer a família Gurgacz que colocou a equipe do Hospital São Lucas que faz parte do complexo da Faculdade Assis Guzgcaz – FAG curso de Medicina. Em especial a senhora Ana Gurgacz.

Fonte: 015 - Silvio Santos/News Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias