Sabado, 02 de Junho de 2018 - 11:57 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: IMPRENSA LIVRE

Salve a Imprensa Livre. Salve todos os que militam na Imprensa de todos os cantos do Brasil e do Mundo. Salve o Dia da Imprensa.


Imprimir página

Ontem festejamos o Dia da Imprensa. Imprensa que nos últimos dias foi vítima da violência de alguns, que se infiltraram no Movimento dos Caminhoneiros e até provocaram a morte de um pai de família, além de agredirem colegas que estavam exercendo o dever de colocar a população a par dos acontecimentos.


Mesmo assim a imprensa brasileira tem o que festejar, basta lembrar que ainda vivemos num país democrático que observa a Lei da Imprensa Livre. As vezes esquece essa Lei e mete o cacete nos jornalistas. É como dizem os “boleiros”, faz parte do jogo.


Salve a Imprensa Livre. Salve todos os que militam na Imprensa de todos os cantos do Brasil e do Mundo. Salve o Dia da Imprensa.


Hoje a grande pedida cultural, é o Arraial Municipal da Capital que vai acontecer no Calçadão Manelão em frente ao Mercado Cultural.


É a segunda edição do evento na atual gestão municipal. Sem essa de querer dizer que o Arraial Municipal é uma criação da atual gestão, Essa festa é realizada desde quando o Carlinhos Camurça foi prefeito. Roberto Sobrinho a popularizou e o atual prefeito aperfeiçoou.


O Arraial Municipal do ano passado, foi muito bom, por isso a coordenação da segunda edição, aposta que na noite de hoje, o Calçadão Manelão vai receber público bem maior, ou seja, em torno das 2 Mil pessoas.


Além dos grupos folclóricos considerados “profissionais”, que estarão se apresentando, a grande expectativa é com a dança da Quadrilha Improvisada, que segundo o Eudes Claudino da Funcultural, este ano será puxada pela Primeira Dama Ieda Chaves e seu par Hildon Chaves.


Ta tudo certo entre os que se apresentarão como Destaque: Cleverson Santana - Buchada será o Guarda; Breno Mendes atuará como Delegado, Eudes Claudino será o Padre e o Ocampo o Juiz.

O casal Yalle Danta e Evandro Reis representará Lampião e Maria Bonita (Cangaço) e por aí vai. Dizem as “Matildes” que se for o caso de faltar algum ´personagem, a ordem é tirar o pessoal a Semed da Cadeia e pronto.


O problema é se a Federal resolver dar uma batida durante o Arraial. Vai ter neguinho tentando se esconder nos banheiros do Mercado Cultural. A sorte é que o transporte é terrestre.


Por falar em Mercado Cultural, nossas fontes informaram que o Ocampo andou consultando alguns artistas plásticos e pintores, sobre transformar as paredes do Mercado Cultural em uma grande “TELA” com pinturas de aves da Amazônia como Arara e outros animais da nossa flora.


Faz isso não Ocampo. Lembra que o Mercado é Patrimônio Cultural da nossa cidade por isso, não pode ser descaracterizado. O que você tem que fazer é consertar o telhado e os banheiros isso sim. Aliás, o Mercado Cultural está totalmente jogado às traças.


Ta na hora de começar a reforma do prédio. Vamos deixar de querer inventar marca de administração e tratar do nosso patrimônio com mais responsabilidade histórica.


Bom, depois do Arraial Municipal o negócio é ir curtir a apresentação da quadrilha Flor da Primavera no Arraial Flor de Cacto.


Aliás, a disputada pelo título de melhor do Flor de Cacto, está bastante acirrada, cada noite é um espetáculo diferente. Não vai ser fácil para os jurados escolherem a melhor entre as melhores.


Depois que a quadrilha do Bené foi elogiada pela BEBEL as demais passaram a caprichar nas apresentações e quem está ganhando com isso, é o público, que toda noite lota as arquibancadas e camarote do Arraial do Caladinho..


Só quem não tem vez na programação do Flor de Cacto são os Bois Bumbás. Até que a Guarnecer tentou, mas, a coordenação não aceitou pagar um cachê digno aos bumbás. Te espero no Cacto Morena!

Fonte: Ze Katraca/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias