Quarta-Feira, 13 de Abril de 2016 - 10:12 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: FEDERAÇÃO DE GRUPOS FOLCLÓRICOS DE QUADRILHA E BOI BUMBÁ

Aí não podemos garantir, nem eu e nem a direção da Federação de Grupos Folclóricos de Quadrilha e Boi Bumbá – Federon, pois alguns itens não dependem da vontade da direção da entidade e sim dos órgãos governamentais, principalmente do governo estadual.


Imprimir página

Na edição de ontem, publicamos uma matéria dizendo que o Arraial Flor do Maracujá deste ano vai acontecer entre os dias 22 de junho e 3 de julho.


A repercussão nas redes sociais me surpreendeu, pois a maioria dos internautas questionam se não vão adiar, como vem acontecendo nos últimos anos, a data divulgada. Quer dizer, a turma tá na dúvida se realmente nossa maior festa folclórica vai mesmo voltar a acontecer no mês de junho.


Aí não podemos garantir, nem eu e nem a direção da Federação de Grupos Folclóricos de Quadrilha e Boi Bumbá – Federon, pois alguns itens não dependem da vontade da direção da entidade e sim dos órgãos governamentais, principalmente do governo estadual.


Lembramos o que aconteceu recentemente com os desfiles das escolas de samba, que foram adiados por três vezes, porque a equipe da Sejucel não conseguia cumprir a parte que cabia ao governo estadual, quanto a montagem da estrutura de arquibancada, camarote e som.


A Federação das Escolas de Samba marcou os desfiles para os dias 12 e 13 de fevereiro porém, a pedido da equipe do governo mudou para os dias 26 e 27 também de fevereiro.


Quando as escolas já estavam prontas para entrar na avenida, apesar de ainda estarem em seus barracões, mais uma vez a Fesec teve que transferir os desfiles para outra data, porque a Sejucel não deu conta de contratar a estrutura e montar com tempo para que fosse realizada a vistoria pelo Corpo de Bombeiros.


Inventaram um bocado de justificativas, que depois ficamos sabendo que era só para empurrar a falha com a barriga e terminaram por contratar uma empresa que não participou da tal de Licitação realizada pela Sujucel.


Para que isso acontecesse foi preciso o governador chamar a turma em seu gabinete e dar o ultimato, porque se dependesse da Sejucel os desfiles das escolas de samba ainda estariam esperando a contratação da estrutura. Olha que a Fesec deu entrada no Projeto Carnaval 2016 no início do mês de dezembro.


Agora é a vez do Arraial Flor do Maracujá. A diretoria da Federon reuniu com o Superintendente da Sejucel e sua equipe de Cultura, para confirmar se poderia divulgar a data do início do Flor do Maracujá para o dia 22 de junho.


Rodnei Paes consultou o Fabiano e a Bebel e os dois confirmaram que sim, a Federon poderia divulgar que a XXXV Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás para o dia 22 de junho.


Alguém vai questionar que está muito cedo para se falar de Flor do Maracujá e respondemos daqui. Tá é muito tarde, pois estamos quase no meio do mês de abril e como a festa vai começar no dia 22 de junho, temos apenar 70 dias e nesse meio tem os domingos e feriados.


Pelo lado da prefeitura, a Funcultural se comprometeu a correr atrás para que o processo do convênio dos recursos que serão repassados a Federon, cumpra os trâmites burocráticos no menor tempo possível. A ideia é fazer o repasse antes do mês de junho chegar, pois o circuito junino que é um evento da prefeitura através da Funcultural, começa no dia 27 de mais com a abertura do Arraial Flor de Cacto.


Uma coisa é certa, os grupos folclóricos estão ensaiando desde o início do mês de março, principalmente os grupos de quadrilha junina. Além dos ensaios todos os finais de semana os grupos realizam eventos com o intuito de arrecadas recursos para complementar as despesas com a montagem de suas apresentações.


Esperamos que dessa vez, a Sejucel cumpra com sua obrigação dentro do prazo estabelecido e então vamos ter o prazer de assistir a volta do Flor do Maracujá para o mês de junho!

Fonte: Zé Katraca

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias