Quinta-Feira, 05 de Abril de 2018 - 09:07 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: ESTAMOS VIVENDO EM TEMPO DE TRANSIÇÃO

Transição governamental, pois, nesta sexta feira dia 6 de abril, o Dr. Confúcio Moura deixa a titularidade maior do estado de Rondônia.


Imprimir página

Na realidade, essa novela terminou na manhã de ontem dia 4, quando Confúcio Moura fez pronunciamento através do facebook, confirmando que deixará o governo do estado, para se candidatar a uma vaga ao Senado Federal.

Até então, os articulistas políticos apostavam que ele só anunciaria sua posição sobre se renunciaria ou não, no último minuto do segundo tempo.

Ontem, com a tranquilidade que lhe é peculiar, fez uma transmissão ao vivo no face, agradecendo a todos pelos dois mandatos e que estava deixando o governo. Daniel assume pra valer nesta sexta feira as 15 horas.

Podemos dizer sem medo de errar, que Confúcio Ayres Moura foi, depois do Teixeirão, o melhor governador do estado de Rondônia e não é porque ele sempre manteve o salário dos funcionários em dia não, é porque realmente ele fez muito pelo progresso do nosso estado. Apesar d'ele nesses quase 8 anos de governo, não ter dado o apoio necessário a cultura, temos que concordar que nas demais áreas, muita coisa foi feita, inclusive na Saúde.

Com Daniel Pereira assumindo o governo, muita gente está com a pulga atrás da orelha, na expectativa se fica ou não no cargo. Com certeza, alguma coisa vai mudar, ou seja, alguns serão substituídos e daí, a turma que até hoje está como secretário adjunto, diretor, gerente e outros cargos está tremendo na base.

Pelos labirintos do CPA, o que se ouvia no dia de ontem, era que Confúcio Moura solicitou que Daniel não mexesse na equipe econômica que tem a frente os Drs. George Braga e Wagner Garcia assim como desse posse ao Dr. Maiorquim na secretaria de Saúde já que Wiliamans Pimentel será candidato. “Você fica com a Educação”, teria dito Confúcio a Daniel.

Se isso for verdade e Daniel mexer na Seduc a Sejucel vai junto, já que é uma superintendência subordinada à Secretaria de Educação. Tomara que o Rodnei Paes continue! Só sei que a turma daquela escola de samba, tá torcendo que haja mudança.

Uma coisa é certa, ao contrário de Confúcio, Daniel é muito ligado aos segmentos culturais, sendo assim, deve ter cartas na manga que serão utilizadas no setor.

Direito de resposta: Solicitado pelo presidente da Funcer.

Bom dia. Desculpe, não sei qual o problema que o senhor tem comigo.

Sou rondoniano como o senhor, mas tive a oportunidade de fazer Doutorado em Políticas Culturais na Sorbonne, o que não se aplica a maior parte da população do meu estado.

Dizer que meu nome macúla uma Placa é, no mínimo, perfídia.

Talvez, o senhor não me respeite, porque eu coloquei ordem na FUNPAR devolvendo amigos que, pelo o que dizem, são seus , UMA VEZ QUE HÁ CLARIDADE DA CORRUPÇÃO QUE ESSES REALIZAVAM NO TEATRO.

Entretanto, eu fui colocado no meu antigo posto de Presidente da FUNPAR, para, criar uma Fundação com o escopo maior.

Há um ano exatamente, trabalho com todos os gestores de equipamentos culturais para formar uma verdadeira fundação.

Fiz muito pela Casa da Cultura Ivan Marrocos. O processo é um exemplo.

Sexta, inauguramos a Biblioteca, onde até dormir lá para proteger a obra eu tive.

Espero que o senhor se informe melhor sobre o que ocorre na cultura política do nosso Estado. Cadernos Culturais não são cadernos Policiais. Se a minha mãe ainda fosse viva, pediria que ensinasse ao senhor a diferença entre as duas estruturas jornalísticas.

Cabra macho esse Rodrigo!

Fonte: 015 - Silvio Santos/News Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias