Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2018 - 06:53 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: CIDADE DA CULTURA ‘PARQUE DOS TANQUES’

Quem está de boa, é a escola de samba Acadêmicos do São João Batista, pois, suas alegorias e fantasias estão sendo montadas no Barracão do Parque dos Tanques


Imprimir página

A estrutura de arquibancada, camarote, sonorização, iluminação e banheiros já está sendo montadas na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques), local dos desfiles das escolas de samba este ano.

De acordo com a programação da Funcultural/Fesec hoje a noite, as escolas de samba participarão do teste do Som, Iluminação e Passarela de desfile. Ocampo Fernandes quer que cada agremiação participe pelo menos, além da ala dos interpretes do samba de enredo, com uma ala de enredo e parte da ala das baianas. Será um mini-desfile na noite desta sexta feira.

Quem está de boa, é a escola de samba Acadêmicos do São João Batista, pois, suas alegorias e fantasias estão sendo montadas no Barracão do Parque dos Tanques. A única coisa que pode ser considerada “perigosa”, é que qualquer pessoa pode entrar no barracão e presenciar os artistas trabalhando na confecção das fantasias e alegorias.

Pai Beto diz que não se importa com os olheiros. “Se eles vêm aqui observar nosso trabalho, é porque respeitam nossa escola de samba”.

Segundo o presidente da Funcultural Antônio Ocampo Fernandes, se tudo correr como programado, a Passarela do Samba Edson Fróes que tem 320 metros de extensão, estará pintada de branco neste sábado. “Essa pintura é pra facilitar o trabalho das equipes de televisão”, disse Ocampo.

Vamos fazer justiça. A passarela do samba Edson Fróes que está sendo montada na Cidade da Cultura, sua estrutura de iluminação, camarotes, arquibancadas, banheiros químicos, sonorização e iluminação artística, é toda de responsabilidade do governo estadual através da Sejucel.

Rodnei Paes e equipe, estão de parabéns pela agilização da Licitação que culminou com a contração das empresas que vão atender as escolas de samba. Nota dez para o governo de Rondônia em especial, a equipe da Sejucel, leia-se Rodnei Paes e Fabiano.

Aliás, o governo/Sejucel praticamente atendeu toda a programação carnavalescas de Porto Velho, pois foi quem colocou grades e banheiros químicos nos circuitos por onde os blocos de trio elétrico desfilaram durante o carnaval.

O governo estadual vem atuando, desde o réveillon quando foi o responsável pela estrutura que atendeu o réveillon da cidade. Sem alarde a equipe do Rodnei vai atendendo o clamor dos movimentos culturais. Tô correto Tino Alves?

Quem está nadando de braçada em relação a suas concorrentes, é a escola de samba Asfaltão. A escola do Tigre conseguiu repasse financeiro extra graças a emenda de um deputado estadual.

Nessas alturas Jair Monteiro, Pai Beto, Mirim e os demais dirigentes das escolas de samba estão babando, por não terem corrido atrás do prejuízo. É por isso que sempre digo: “É conversar com quem sabe e beber com quem paga”.

Um intérprete de samba enredo, perguntado por nós como estava a escola de samba que o havia contratado, foi taxativo: “Sai de lá, a bateria não sustenta o ritmo e eu não vou me queimar”. Juro por tudo quanto é santo que não publicarei o nome da escola e nem do seu mestre de bateria, nem que vaca tussa!

A Diplomatas do Samba lotou a praça São José na noite da última quarta feira 21, ensaiando a Comissão de Frente, ala das Baianas e a Ala Mirim. Nessa última, são mais de Cem integrantes, é a gurizada da Quadrilha Rádio Farol Mirim.

Pai Beto tava com o sorriso da largura da “Cara” durante o ensaio de quarta feira, pois o Sávio o apresentou HAROLDO o Sósia do Manelão. “É igualzinho o General. Agora a escola está completa” festejou o presidente da São João Batista.

Depois da grana da emenda do deputado o barracão da escola Asfaltão embalou de vez!

Fonte: 012 - ZéKatraca/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias