Terça-Feira, 26 de Julho de 2016 - 14:25 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: CARLINHOS MARACANÃ

Tão falando que será o último evento do Carlinhos Maracanã como administrador da Ivan Marrocos.


Imprimir página

E ontem foi o dia do escritor. Júlio Olivar autor do livro “A Cidade que não existe mais”, ofereceu coquetel no “Juninho Café” ali na Farquar com a Carlos Gomes. Júlio é presidente da Academia Rondoniense de Letras. Aliás, o livro citado, será lançado oficialmente no próximo dia 28 na Biblioteca Francisco Meirelles. Meu amigo escritor Antônio Monteiro que atualmente mora na Bahia enviou a seguinte mensagem:


Parabéns, para você que não é Deus, mas é criador. O escritor é antes de tudo um CRIADOR de histórias, quer seja em prosa ou em poesia. O escritor é um grande fingidor. Tão fingidor que mesmo sem ter dor, finge a DOR! Salve, salve o nosso dia! Saudações literárias. Antônio Monteiro - Escritor desde criancinha - Salvador – Bahia.


Enquanto isso, hoje tem a solenidade pelo aniversário da 17ª Brigada de Infantaria de Selva na Casa da Cultura Ivan Marrocos. Na oportunidade acontecerá a premiação aos vencedores do 3° Concurso de Pintura 17ª Brigada. A solenidade começa às 19 horas.


Tão falando que será o último evento do Carlinhos Maracanã como administrador da Ivan Marrocos. As “matildes” dão conta que justamente no dia de hoje, a fotografa Marcela Bonfim comparece na Casa para avaliar as telas que estão expostas na Galeria Afonso Ligório. O objetivo é selecionar as melhores para serem expostas nas diversas secretarias existentes no Palácio Rio Madeira local onde a exposição de fotografias da Marcela já se encontra.


Depois dessa “limpeza”, o ambiente fica esperando apenas a chegada da nova administradora Margot Paiva. Segundo a agenda do superintendente da Sejucel a posse será no próximo dia 30. Até lá o João Carlos Alves – Maracanã continua dando as ordens.


Durante a convenção do PMDB ocorrida domingo passado, na Talismã 21, o Maracanã passou o tempo todo articulando sua permanência na direção da Ivan Marrocos, inclusive conversou com o agora candidato a prefeito de Porto Velho Williams Pimentel a respeito do assunto. Pimentel ficou pasmo: “Não acredito que o Ilmar vai fazer isso com você Maracanã!”. A deputada Marinha Raupp também não acreditou no que ouviu e o Superintendente da Sejucel Licenciado Rodnei Paes prometeu conversar com o Maracanã no dia de ontem, para saber os detalhes sobre o assunto.


A cavalheiro, o superintendente da Sejucel em exercício, não estava nem aí para o assunto Carlinhos Maracanã, estava mesmo era tirando foto com tudo que era autoridade, em especial, as da cúpula do PMDB. Tem o ditado que diz: “Manda quem pode e obedece quem tem juízo” Ilmar tem juízo e por isso, não faz juízo, dos que pensam que tem juízo.


E o Flor do Maracujá está praticamente todo montado na Cidade da Cultura – Parque dos Tanques. Apesar de mais uma vez, aquela pessoa da Sejucel encarregada de montar o processo da licitação das estruturas não atender parte do que foi solicitado pelos folcloristas, colocando o que ela (sem saber de nada) acha que é bom para os grupos folclóricos.


Mesmo assim creio que tudo já deve ter sido resolvido, porque se não foi, com certeza os dirigentes de grupos não pouparão “elogios” para não dizer ao contrário, ao governo estadual. Aliás, a Sejucel até agora não disse a que veio como representante do segmento cultura, no esporte vai bem, mas, na cultura é uma lástima. É tudo feito nas coxas.


O Arraial Flor do Maracujá começa nesta quarta feira dia 27, sob a coordenação da Federon com o apoio do governo estadual e da prefeitura de Porto Velho.

Fonte: Zé Katraca

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias