Sabado, 04 de Agosto de 2018 - 12:21 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: ARRAIAL FLOR DO MARACUJÁ

Hoje é praticamente a última noite da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás que está acontecendo no Arraial Flor do Maracujá.


Imprimir página

Hoje é praticamente a última noite da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás que está acontecendo no Arraial Flor do Maracujá.

Amanhã ainda teremos o Duelo de Tribos com os grupos Waitku Mayakan e a Tribo Aymée. Ano passado, foi a Tribo Yaporanga no lugar da Aymée.

Porém a noite de domingo é dedicada à premiação dos campeões. Na ralidade a apuração das notas acontece domingo a tarde. É aí que a gente vai saber aonde a “onça bebeu água”.

A noite de quinta feira, até aquela data, foi a que mais levou público ao Flor do Maracujá. Basta lembrar que todos os espaços ao redor da arena de dança, estava lotado, ou seja, arquibancadas, área vip e camarotes. É o potencial dos grupos Girassol, Manhoso e Juabp. O mais legal, foi que ninguém arredou o pé do seu local, pois tinha medo de perder o luar e as apresentações.

Com certeza a noite de ontem quando se apresentou a Rádio Farol e a Matutos do Guaporé mais o bumbá Az de Ouro aconteceu o mesmo. O professor Severino costuma dizer, que o público vai apenas para ver a quadrilha Rádio Farol.

O teste foi na noite de ontem, pois a Rádio Farol não contou com a presença do boi Corre Campo. Geralmente os dois grupos se apresentam no mesmo dia por sempre serem os campeões. Desta feita, apesar da Rádio Farol ter sido uma das três campeãs do Maracujá de 2017, preferiu dançar sexta feira.

O certo é que neste sábado, vamos apreciar o espetáculo prometido pelo Corre Campo e pela Quadrilha A Roça é Nossa que vai defender o tema “A Moreninha”.

Agora vamos para a nossa classificação particular: Melhor Quadrilha pela ordem: Girassol, Rosas de Ouro, Rosa Divina, Juabp, Flor da Primavera, Nova Estação, Forte Príncipe, Tradição e Palheiral.

Grupos de Bois Bumbás pela ordem de melhor até quinta feira: Marronzinho, Manhoso, Tira Teima, Estrela de Fogo, Vencedor e Teimoso.

Apenas lembrando que essa avaliação é na visão do Zekatraca o que quer dizer, que tudo pode mudar, quando os envelopes com as notas dos jurados forem abertos. Isso só vai acontecer amanha (domingo).

Apesar da magnífica apresentação da quadrilha Juabp a coloquei abaixo das juninas Rosas de Ouro e Rosa Divina porque observei algumas falhas que não vi nas duas Rosas. Enquanto a maioria dos presentes no Flor do Maracujá observam a gigantismo das alegorias ou a beleza das indumentárias da Rainhas, eu como Zekatraca, observo a dança dos itens em julgamento.

É a mesma analise que os jurados devem fazer. Julgador que é julgador, deve observar a dança dos itens em julgamento o resto é complemento que pode pesar na balança ou não,

Se a classificação fosse baseada apenas na dança, até quinta feira, ninguém ganharia da junina Flor da Primavera que dançou sem parar, durante 48 minutos.

Na noite de hoje, vamos apreciar uma das quadrilhas mais perfeitas do Flor do Maracujá A Roça é Nossa que agora é chamada de Rocinha. Fernandão presidente trouxe de Fortaleza (CE), o estilo de dança de quadrilha cantada. Quer dizer, os brincantes dançam cantando o tempo todo, é um espetáculo a parte. Vale a penas assistir a junina A Roça é Nossa.

Já o Rodrigo da Mocidade Junina uma das campeãs o ano passado, diz que vai fazer o “Sertão Virar Mar”. “Vamos buscar o bi campeonato sem esse negócio de empate. Seremos únicos” aposta do presidente da quadrilha do Cidade Nova.

O Corre Campo apesar de os problemas enfrentados por todos os bumbás, vai se apresentar com toda sua grandiosidade. Dona Branca garante que vai colocar na arena do Flor do Maracujá mais de 150 brincantes. “Afinal de contas, temos que honrar nosso título de Gigante Sagrado da Amazônia Ocidental”.

Fonte: 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias