LENHA NA FOGUEIRA: ARRAIAL FLOR DE CACTO - News Rondônia As festas juninas em Porto Velho começaram na última sexta feira dia 27, com a abertura da 19ª edição do Arraial Flor de Cacto no Campo 1° de maio do bairro Caladinho.

Porto Velho,

Domingo , 29 de Maio de 2016 - 09:58 - Colaboradores


 


LENHA NA FOGUEIRA: ARRAIAL FLOR DE CACTO

As festas juninas em Porto Velho começaram na última sexta feira dia 27, com a abertura da 19ª edição do Arraial Flor de Cacto no Campo 1° de maio do bairro Caladinho.

ImprimirImprimir página

Porto Velho entrou no período das festas juninas com a abertura do tradicional Arraial Flor de Cacto, na última sexta feira. Segundo o coordenador da festa da Zona Sul Clodoaldo Negaça a estimativa, é de mais de cinco mil pessoas noite. O Flor de Cacto apesar de acontecer no bairro Caladinho considerado muito distante, tanto do centro da cidade como das zonas Leste e Norte, recebe principalmente aos finais de semana (quinta, sexta, sábado e domingo) grande número de pessoas dessas localidades. Isso acontece porque os grupos que se apresentam a maioria da Zona Leste são acompanhados pelos seus simpatizantes.


Ontem quem se apresentou foi a quadrilha campeã do Flor do Maracujá 2015 A Roça é Nossa e as arquibancadas e camarotes ficaram superlotadas por pessoas que se deslocaram do bairro Esperança da Comunidade, para apreciar o grupo folclórico dirigido pelo Fernando Rocha. Com certeza o público vai se repetir na noite de hoje já que um dos grupos que vai se apresentar é a Rocinha mirim.


O município de Candeias do Jamari também vai levar muita gente na noite deste domingo ao campo 1° de maio, uma vez que a grande atração da noite, será a apresentação da quadrilha do ex prefeito Dinho (ele é o velho da quadrilha) Flor do Palheiral.


Sexta feira passada 27, estivemos no Teatro Palácio das Artes Rondônia apreciando o espetáculo “Excelência do Balé Russo”, uma maravilha de show de dança clássica. A sala ficou parcialmente lotada e a cada apresentação os aplausos e gritos de bravo ecoavam pelo teatro. Programação como a que nos foi proporcionada pela empresa Criativa do nosso amigo Nilson devem sempre acontecer, pois nos colocada perante o que há de melhor em se falando de espetáculo mundial. Porto Velho de acordo com o produtor nacional do Balé Russo passa a fazer parte do calendário de apresentações da companhia. No próximo ano quem vem diretamente de Moscou será o Balé Quebra Nozes um dos clássicos mais apreciados no mundo.


O interessante foi que graças, a apresentação do Balé Russo no ano passado em Porto Velho com o Lago dos Cisnes, o governo de Rondônia via Funpar conseguiu o alvará de funcionamento do teatro que fazia meses, estava “preso” na prefeitura sem nenhuma explicação. O Balé Russo a época se apresentou numa casa de show e o povo caiu de crítica em cima da Funpar por não poder receber tão especial espetáculo. A jornalista Emília Araújo foi uma das que mais lutou para que a prefeitura liberasse o alvará fato que só ocorreu na semana que o Balé se apresentou na Talismã 21 e não dava mais tempo para se apresentar no Palácio das Artes.


Emília ficou tão conhecida pela produção do Balé Russo por causa disso, que este ano foi contratada como assessora de comunicação das apresentações que aconteceu sexta e sábado em Porto Velho. Tem mais um detalhe sobre a apresentação do Balé Russo em Porto Velho no ano passado (2015). O responsável pela produção local, não pagou o valor devido a produção nacional do espetáculo. Segundo o produtor, o responsável pela empresa que não cumpriu o compromisso o procurou este ano com uma proposta “indecorosa”. “Ano passado só nos apresentamos em respeito ao público, pois os dançarinos de início se propuseram a não dançar caso o cidadão não cumprindo o contrato. Mesmo assim disse a eles que o público não tinha culpa. Vamos dançar”, disse Augusto Stevanovich.


A título de esclarecimento, este ano a empresa, que está responsável pela apresentação do Balé Russo segundo Augusto cumpriu o que foi acordado. É a Criativa do Nilson.


Fui pro Cacto!


Arraial Flor de Cacto abre Circuito Junino 2016 

As festas juninas em Porto Velho começaram na última sexta feira dia 27, com a abertura da 19ª edição do Arraial Flor de Cacto no Campo 1° de maio do bairro Caladinho. Considerado o segundo maior Arraial Folclórico de Porto Velho (só perde para o Flor do Maracujá), o Flor de Cacto chega ao seu décimo nono ano, promovendo cultura popular com apresentações de quadrilhas e bois bumbas na zona Sul da capital de Rondônia.

A abertura do Flor de Cacto 2016 contou com a a presença de representantes da prefeitura/Funcultural apoiadores do Circuito Junino, representante da Federon, coordenador do evento Clodoaldo Negaça e a apresentação do grupo de dança Waitku-Mayakan finalizando com o show da banda de forro contratada para animar os presentes até as 2 horas da madrugada.

História

O Flor de Cacto foi criado pelo então vereador Rubão Matias no ano de 1997. Rubão morador do bairro, ao ser eleito vereador criou oficialmente o Arraial com o objetivo de reunir a comunidade da Zona Sul num evento que agregasse as danças folclóricas de quadrilha e boi bumba. Tendo seu irmão Roberto Matias como diretor da quadrilha Rosa Divina que foi encarregado de criar o símbolo do Arraial um Cacto que por muito anos, era montado no meio do espaço onde o evento acontece. O Flor de Cacto cresceu de tal maneira, que passou a ser e continua sendo, o segundo maior evento folclórico da capital rondoniense. Apesar de nunca ter abrigado a disputada entre os grupos folclóricos considerados de ponta, o Flor de Cacto serve como parâmetro para os grupos aprimorarem as coreografias que serão apresentadas no Arraial Flor do Maracujá. “O Flor de Cacto é nosso termômetro”, disse o Amo do boi Diamante Negro Aluízio Guedes que este ano, vai ser a atração do encerramento do Arraial.

Por algum tempo as eliminatórias entre os grupos de quadrilhas que pretendem se apresentar entre os grandes do Maracujá foi realizada no Flor de Cacto. Outra característica do Arraial da Zona Sul são as apresentações de bandas de forró logo após a apresentação do último grupo folclórico. “Essas apresentações das bandas de forró prende o público no arraial o que beneficia os barraqueiros”, disse o presidente Clodoaldo Negaça.

Programação deste domingo

A partir das 21 horas de hoje 29 (domingo), o público vai apreciar as apresentações dos grupos quadrilha mirim Rocinha e quadrilha adulta Unidos do Palheiral que vem do município de Candeias do Jamari. “As apresentações folclóricas começam as noites as 21 horas. Serão sempre dois grupos por noite”, disse o representante da Federon Joãozinho.

O Flor de Cacto vai acontecer até o dia 5 de junho oferecendo além de apresentações folclóricas e forró, venda de comidas típicas como pato no tucupi, galinha picante, tacaca, bolo de macaxeira, derivados do milho, churrasquinho e picanha.

O Flor do Cacto tem acesso pelas ruas Geraldo Siqueira e Tancredo Neves no bairro Caladinho. O Arraial começa a funcionar as 19h00.

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: Zé Katraca

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt