Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2016 - 10:26 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA DA FOGUEIRA: ESCOLAS DE SAMBA DESFILAM NA PRÓXIMA SEMANA

Depois de se reunir com as portas fechadas por mais de uma hora, com os representantes da Funcultural, o representante informou que a Sejucel publicaria Nota Oficial explicando sobre o caso.


Imprimir página

A ordem do dia das apresentações das escolas de samba de Porto Velho mudou. Agora o grupo especial é quem vai abrir os desfiles na sexta feira dia 4 e o grupo de acesso fecha no sábado dia 5.


Independente da falta de consideração do pessoal da Sejucel para com a imprensa, que marcou presença em peso, na sede da Fesec no Parque dos Tanques, na manhã de ontem 25, podemos informar extraoficial, que os desfiles das escolas de samba vão acontecer nos dia 4, 5 e 6. Dia 4 desfile do grupo especial dia 5 grupo de acesso e dia 6 apuração.


É triste, mas, temos que registrar a falta de preparo de alguns “Comissionados” do governo estadual, que acham que são os donos da “cocada preta”. Após dar o chamado chá de cadeira nos repórteres de todas as emissoras de TV, o cidadão que foi representar o governo do estado, chegou e ainda tratou mal todo mundo. “Não vou gravar entrevista com ninguém”. Disse e se trancou numa sala da Federação.


Por essa e por outras, é que muitas vezes o governador paga o pato. Custava nada o cara dizer que ainda estava esperando o resultado das negociações entre as empresas vencedoras da Licitação?


A falta de preparado do referido representante, deixou o governo de “calça curta”, pois as repórteres das TVS saíram maldizendo a dita atitude


A bomba mesmo é a seguinte. O Superintendente da Sejucel, puxou a sardinha para o segmento que é a praia dele. Pasmes amigos carnavalescos, O Superontendete tentou levar os desfiles mais para frente, ou seja, para os dias 11, 12 e 13 alegando que no dia 5 será a abertura do campeonato rondoniense de futebol.


O que desfile de escola de samba tem a ver com jogo de futebol? Nada! “Quero estar presente nos dois eventos”, disse o superintendente. O pior de tudo foi que tanto o presidente da Fesec Hudson Mamedes, como o pessoal da Funcultural concordaram que as escolas de samba do Grupo Especial se apresentem na Sexta feira dia 4 e as do grupo de acesso sábado dia 5.


Essa decisão não poderia ter sido tomada pela presidência da Fesec, ele tinha que ouvir os dirigentes das escolas de samba para poder dar a resposta ao Rodnei.


To falando! Não temos nenhum representante de verdade, do segmento cultural no governo do estado. Tem sim um representante dos desportos. É só acompanhar as ações culturais colocadas em prática pela Sejucel e as ações desportivas.


Isso quer dizer, que as escolas de samba do grupo especial serão prejudicadas, pois sexta feira muitos dos seus brincantes estarão trabalhando no horário da concentração. É, mais os do grupo de acesso também! Acontece que as escolas do grupo especial tem a obrigação de colocar desfilando na passarela do samba no mínimo 300 pessoas e o grupo de acesso 150.


Anotem aí: As escolas de samba do grupo especial vão desfilar sexta feira dia 4 e as do grupo de acesso sábado dia 5.


Tem o ditado que diz: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Quem está “mandando” é o Rodnei e quem está obedecendo são os dirigentes da Funcultural e os da Fesec.


O certo é que a população de Porto Velho vai voltar a contar com os desfiles das escolas de samba, fato que não acontece ha três anos. Esperamos que não apareçam mas nenhum empecilho. Espero que a Sejucel não queira levar as arquibancadas para o Aluízio Ferreira como aconteceu no Flor do Maracujá no ano passado.


É cada uma que acontece! O pior é que meu amigo da Cultura não que nem saber de conversar comigo. Agora tô lascado! Por defender a cultura carnavalesca estou prestes a perder um amigo! Da onça!


Escolas de samba desfilam na próxima semana

A novela sobre a data dos desfiles das escolas de samba de Porto Velho, terminou na manhã de ontem 25, quando os representantes da Funcultural receberam a imprensa na sede da Federon no Parque dos Tanques, para explicar sobre os problemas que culminaram com o adiamento dos desfiles. “A Funcultural cumpriu sua parte, o que está faltando é a Sejucel vir aqui e dizer como estão as negociações com as empresas que venceram a Licitação para montar arquibancadas e camarotes”, disse o presidente da Funcultural Jorge dos Santos – Jorjão durante a coletiva.

A entrevista inicialmente marcada para começar as 9h00, em virtude da ausencia dos representantes do governo estadual/Sejucel só começou as 10h30 mesmo assim o pessoal da prefeitura não pode garantir se os desfiles seriam ou não adiados. “Infelizmente o pessoal da Sejucel não está cumprindo com o horário marcado, o que nos deixa sem poder garantir a nova data”, continuou Jorjão. Por volta das 11h00 o Coordenador de Cultura da Sejucel Fabiano Barros chegou ao local da entrevista e mesmo assim se negou a atender a imprensa. “Não vou falar nada agora”, disse ele.

Depois de se reunir com as portas fechadas por mais de uma hora, com os representantes da Funcultural, o representante informou que a Sejucel publicaria Nota Oficial explicando sobre o caso.

Os carnavalescos saíram da sede da Federon sem ter a certeza de quando os desfiles aconteceriam.

A informação de que os desfiles foram transferidos para os dias 4, 5 e 6, foram passadas por representantes da Funcultural. Até o fechamento dessa página, a Sejucel ainda não havia distribuído a Nota Oficial explicando os motivos da mudança da data.

Fonte: Zé Katraca

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias