Quinta-Feira, 14 de Junho de 2018 - 18:12 (Economia)

L
LIVRE

LEILÃO DA RECEITA TEM IPHONE POR R$ 720 E PS4 POR R$ 400; SAIBA COMO PARTICIPAR

São 90 lotes ao todo, com diversos produtos de várias categorias. Todo o processo é realizado pela internet. As mercadorias têm preço bem abaixo do mercado.


Imprimir página

A Receita Federal abriu na última quarta-feira (13) um leilão de itens apreendidos e abandonados, entre eles Iphone 6s, celulares de várias marcas, videogames Playstation 4 e Xbox One, câmera GoPro e até veículos.

São 90 lotes ao todo, com diversos produtos de várias categorias. Todo o processo é realizado pela internet. As mercadorias têm preço bem abaixo do mercado.

O Iphone 6s, por exemplo, custa em média R$ 2 mil nas grandes lojas e no leilão tem lance inicial está entre R$ 720 e R$ 800. O PS4, que também custa na faixa de R$ 2 mil, tem lance inicial de R$ 400.

Também podem ser adquiridos um carro Monza 1989 a partir de R$ 800 e um Santana 1992 a partir de R$ 1000. Pessoas físicas podem dar seus lances para a maioria dos lotes.

O período de recepção de propostas vai até o dia 22 de junho, às 18h. A sessão pública em que será realizada o leilão acontece no dia 25 de junho. Às 9 h serão feitas a classificação e ordenação das propostas, e a partir das 14 horas a abertura para os lances.

Para participar, é necessário adquirir um Certificado Digital que pode ser obtido por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), no site da Receita Federal.

Vale lembrar que a retirada do produto fica a cargo do participante. Todos os itens estão na cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. O atraso ou não pagamento do valor do lance resultará em multa.

Os itens arrematados por pessoas físicas são exclusivos para uso e consumo pessoal, sendo proibida a comercialização. A Receita Federal deixa claro que as mercadorias serão entregues no estado em que se encontram e não se responsabiliza por eventuais defeitos ou problemas apresentados após tempo de uso.

 

Fonte: 010 - midiamax

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias