LEI SECA, POR JÚNIOR CAHULLA - News Rondônia A lei funciona bem com prisões feitas e habilitações apreendidas. As estatísticas da lei seca mostram seu bom desempenho, mais a pergunta que não quer calar: Será que essa lei funciona mesmo?

Porto Velho,

Segunda-Feira , 22 de Junho de 2015 - 23:41 - Colaboradores


 


LEI SECA, POR JÚNIOR CAHULLA

A lei funciona bem com prisões feitas e habilitações apreendidas. As estatísticas da lei seca mostram seu bom desempenho, mais a pergunta que não quer calar: Será que essa lei funciona mesmo?

ImprimirImprimir página

A lei seca é uma lei que foi criada em 2008 para tentar coibir a ingestão de bebidas alcoólicas e seu principal objetivo era  diminuir acidentes automobilísticos, pois assim o país estaria livre de grandes problemas.

Existem até redações do Enem (exame nacional do ensino médio) que ganharam notas máximas no ano de 2013 onde o examinador pedia para que os candidatos abordassem sobre o tema da lei seca, mais o assunto não é tão simples assim, pois vai além das fronteiras de um pedido de um redação.

 A LEI tem suas complexidades na sua aplicação na realidades do Brasil e na realidade da cidade de Porto Velho. Pois hoje em dia com o avanço nas tecnologias da internet  e dos aplicativos de celular como o whatsapp existem grupos que avisam para os usuários desse  aplicativo onde tem ou não blitz na cidade especialmente, porto velho e onde isso rola solto.

A LEI SECA é um faca de dois gumes, pois de um lado existem os motoristas que mesmo sabendo que podem responder processos  criminais, além de irem presos, mais mesmo assim  alguns ainda se negam em soprar o bafômetro baseado na constituição em um de seus artigos diz que "ninguém pode produzir provas contra si."

Por um lado, tem os motoristas que bebem e pegam no volante. Por outro, as vítimas de acidentes, que além de trágico, destroem lares e sonhos. Pense Nisso!!!

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: Junior Cahulla

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt