Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018 - 11:19 (Nacional)

L
LIVRE

JUIZ DO AM DIZ QUE ABSOLVERIA EX-PRESIDENTE LULA

Ele ainda criticou Sérgio Moro. Confira!


Imprimir página

O presidente da Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon), juiz Cássio André Borges, suscitou polêmica nas redes sociais ao afirmar que, se fosse o juiz do ‘Caso Triplex’, absolveria o ex-presidente Lula “em face da insuficiência de provas”. Professor de Direito, Cássio Borges afirmou que Lula nem pode ser condenado por corrupção passiva, já que não era servidor público quando, em tese, recebeu a vantagem indevida, nem por lavagem de dinheiro, já que a aquisição do apartamento não foi provada. Ele ainda criticou Sérgio Moro.

‘Inquisição’

Ao responder à provocação de um seguidor, que questionou se Sérgio Moro, que condenou o ex-presidente Lula na primeira instância, errou e estaria a serviço de “golpistas”, Cássio Borges soltou:  “Já viste as audiências dele? O MP fala 20 minutos, e ele 5h. Aí o processo acusatório, que é o nosso sistema, desaparece e fica o processo inquisitório”.

Método

Sobre a conduta de Moro, Borges completou: “Se eu desse palestra sobre combate à corrupção, jamais julgaria esse tipo de crime, porque estaria contaminado intelectualmente pelas minhas convicções. E os réus já entrariam pré-julgados na minha vara! (...) Quem combate crime é polícia e MP”, disse. “Juiz é o guardião das garantias constitucionais”.

Euforia

A alegria esfuziante do ministro  interino do Trabalho, Helton Yomura,   chamou a atenção, ontem, durante encontro em Manaus com superintendentes regionais da pasta. Pela manhã, a presidente do STF, Cármen Lúcia, suspendeu a posse de Cristiane Brasil como titular do ministério.

Agenda

Helton Yomura participa do Encontro Nacional de Superintendentes do Ministério do Trabalho e o 20º Encontro dos Chefes de Subseções da Secretaria de Relações do Trabalho, que iniciou ontem e encerra nesta terça-feira (23).

Novo clima Ex-PSTU, o servidor público e sindicalista Herbert Amazonas está à procura de um novo partido. Após participar de oito disputas majoritárias (três  para a Prefeitura de Manaus e cinco para o governo do Estado), Herbert poderá, este ano, concorrer a uma vaga no Legislativo.

Nomeação

Com um currículo ideal para a Secretaria de Mineração, que não existe mais, o  geólogo gaúcho João Orestes Schneider Santos, pós-doutor pela Universidade de Western Australia, é o novo titular da Seplan (Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

Histórico

Schneider é formado em Geologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e tem doutorado em Geoquímica. É  Criador da “GeoAmazon Pty Ltd”, empresa que presta consultoria na área de geologia.

Expectativa

O vice-prefeito Marcos Rotta (PSDB) afirma que a Prefeitura de Manaus aguarda uma “sinalização” do governo do Estado a fim de rever, para baixo, o valor da tarifa de ônibus, desde que a gestão estadual retome a isenção de ICMS para o setor de transporte coletivo. 

Precariedade

Na avaliação de Rotta, a isenção do imposto deveria ser uma “política de governo” e não de um governante. Ele admite, porém, que independente disso, as empresas de ônibus precisam “melhorar muito” o serviço prestado à população. Diz ele que a PMM vai cobrar.

Fonte: 012 - acritica

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias