Sabado, 14 de Novembro de 2015 - 13:43 (Colaboradores)

L
LIVRE

JE SUIS POVO, QUEM MORRE DE VERDADE?

Mas porquê não chorar todos os dias? Porquê não fica de luto pelos milhares de mortos que o homem inconsequente mata por puro deleite?


Imprimir página

Por Emerson Barbosa

Ou as pessoas tem memoria fraca ou fingem ter. Que o atentado em Paris (França) é um fato a ser comentando tudo bem, mas por demasiado falado, não. As redes sociais estão ai e o que não falta é informação do planeta sobre tudo que acontece, principalmente agora que ‘qualquer individuo’ com um telefone celular na mão e acesso a internet tem-se nomeado como um ‘jornalista’, o mensageiro dos ‘fatos’.

Chorar a morte de centenas e postar cores da bandeira da França nas fotos de perfil é afirmar tal qual é ‘a vida de gado’ dessa gente, as famosas ‘Marias vão com as outras’. Do estilo não sei do que se trata, mas como todos estão falando ou fazendo ‘eu também irei’. Demagogia pura?

Foram algumas centenas de vítimas na França que se divertiam numa casa de espetáculos e que Jesus tenha piedades de suas almas. E isso é terrível, todavia ao mostrar como o ‘homem’ age de forma irracional contra os seus. Mas porquê não chorar todos os dias? Porquê não fica de luto pelos milhares de mortos que o homem inconsequente mata por puro deleite?

Uns que morrem afogados para fugir do terror da fome, da pobreza, da miséria? Uma miséria criada desde a época do ‘pão e vinho’ pela própria Europa? Ah, porquê então não gritar, se lamentar das milhares de vítimas que são decapitadas no Oriente Médio pelo terror do Estado Islâmico (EI) que ‘matam suas vítimas lentamente.

Muitos tendo o pescoço cortado como se fossem um bicho qualquer. E o que fala dos que morrem incendiados ou jogados do alto dos edifícios, os cristão, gays, crianças, negros, sírios pelo simples fundamento de uma utopia seguidora da prepotência e da ‘ignorância’.

A soma dessas mortes a calculadora talvez nem possa acertar o calculo de tantas. Mas são mortes que o mundo interligado e comunicativo não se deixar perceber ou não quer, pois está preocupado publicando ou falando da vida da Vera Ficher ou da Demi Lovato, ou esperando o futebol chegar.  

Não vamos longe. Com a crise econômica no Brasil marcada pela corrupção provocada por ‘banditismo politico’ numa máfia chamada governo, não somente da Presidente Dilma Rousseff como ainda em todos os Estados brasileiros e que vai da vila, distrito aos municípios já levaram milhares a morte. Ou povo se faz curta a memória ou finge.

Como esquecer dos Bilhões roubados pela classe dos ‘companheiros’ e afins da Petrobras que este ano, este mesmo final de ano fará com que muitos não ceiem, pois o supermercado estará caro de mais para as compras. No Brasil são mortos aos milhares numa carnificina sem tamanho, seja pela demarcação de territórios, pelo trafico de drogas, na falta da saúde nos hospitais, nas ruas com acidentes de transito.

E no governo com as canetadas digamos ‘involuntárias’ das autoridades quando essas assinam qualquer pedaço de papel. Vamos sim ‘lamentar’ as vítimas na França, mas sejamos justos com quem morre de verdade. 

Fonte: NEWSRONDONIA

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias

Http://www.Auto-doc.pt