Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017 - 13:28 (Agronegocios)

L
LIVRE

INTERCAMBIO COM O PARANÁ VISA A AMPLIAÇÃO DO SETOR PRODUTIVO RONDONIENSE

O intuito foi trocar experiências e conhecer novos mecanismos utilizados pelas cooperativas paranaenses para ampliar a produção e a comercialização no setor produtivo rondoniense.


Imprimir página

Representantes do Sistema OCB-RO e de 09 cooperativas que compõem o Projeto AGRO visitam cinco cooperativas do ramo agropecuário no estado do Paraná entre os dias 27 e 30 de novembro. Os visitantes foram recebidos pela diretoria das cooperativas LAR, COAMO, COPAVEL, C.VALE e FRIMESA no Paraná para um intercâmbio de cinco dias para conhecer novas tecnologias aplicadas no setor produtivo.

O intuito foi trocar experiências e conhecer novos mecanismos utilizados pelas cooperativas paranaenses para ampliar a produção e a comercialização no setor produtivo rondoniense.

A viagem faz parte de um intercâmbio firmado entre o Sistema OCB-RO e cinco maiores cooperativas do Paraná para melhorar a produção em Rondônia. Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer as instalações e as atividades desenvolvidas em casa cooperativa visitada.

Ao fazer um balanço da viagem, o presidente do Sistema OCB-RO, Salatiel Rodrigues enfatizou que “foi uma experiência muito importante para as cooperativas. Uma vez que o Paraná possui aquilo que há de mais avançado em tecnologia no setor produtivo”, enfatizou o presidente.

No estado do Paraná estão concentradas as maiores Cooperativas Agropecuárias do país. Esse destaque deve-se principalmente à sua organização social, cultural, princípios e valores cooperativista que estão arraigados na vida das pessoas, além de utilizarem tecnologia de ponta e uma grande capacidade de inovação.

Por essas e outras razões o estado foi escolhido pelo Sistema para buscar novas práticas, tecnologia e inovação no anseio de apoiar o desenvolvimento e fortalecimento das cooperativas agropecuárias do Estado de Rondônia.

“O Paraná é  exemplo de estado onde o movimento cooperativista adquiriu o seu melhor tripé de sustentação:arcabouço jurídico favorável,grande participação na economia e reconhecimento da sociedade”, finalizou o presidente.

Fonte: 010 - Comunicação Sescoop

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias