HOMOSSEXUAL É EXECUTADO À TIROS ENQUANTO NEGOCIAVA PROGRAMA - News Rond?nia A grande quantidade de motéis próximo de onde ocorreu o crime contribui para o alto número de homossexuais trabalhando pelas redondezas. O que dificulta o trabalho dos PMs é a precária iluminação no local,

Porto Velho,

Sábado , 18 de Abril de 2015 - 09:25 - Polícia


 


HOMOSSEXUAL É EXECUTADO À TIROS ENQUANTO NEGOCIAVA PROGRAMA

A grande quantidade de motéis próximo de onde ocorreu o crime contribui para o alto número de homossexuais trabalhando pelas redondezas. O que dificulta o trabalho dos PMs é a precária iluminação no local,

ImprimirImprimir página

Por Júlio Malta
Da Redação NewsRondônia

Porto Velho, RO – Um crime brutal foi registrado no final da noite desta sexta-feira (17), na Avenida Rio Madeira, próximo à Rua da Beira, Bairro Lagoa. Job Rodrigues da Silva, 46 anos, foi executado com três tiros.

Job, que é homossexual, estaria na referida avenida trabalhando com programas sexuais, quando dois homens se aproximaram e passaram a conversar com a vítima. Em dado momento e sem motivo aparente, um destes sacou uma arma e efetuou vários tiros contra Job. Após os disparos, os elementos empreenderam fuga tomando rumo ignorado. Alguns colegas de trabalho do cidadão ainda tentaram reanimá-lo, porém sem sucesso pois os ferimentos causados pelos tiros tiraram a vida de Job.

A Polícia Militar foi acionada e após constatar a veracidade dos fatos acionou a equipe da pericia técnica da Polícia Civil, bem como agentes da Delegacia de Homicídios e o rabecão do IML. A grande quantidade de motéis próximo de onde ocorreu o crime contribui para o alto número de homossexuais trabalhando pelas redondezas. O que dificulta o trabalho dos PMs é a precária iluminação no local, pois fica difícil testemunhas passarem maiores informações sem ter precisão do que viram.

Durante a perícia técnica fora possível constatar que Job tentou correr e acabou sendo baleado com dois tiros nas costas e um próximo à nuca. Após os trabalhos periciais o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal.

 















Fonte: Júlio Malta - NewsRondônia

Comentários do Facebook

Comentários

Enviar comentário

Veja Também

Publicidade