Sexta-Feira, 08 de Setembro de 2017 - 09:12 (Artigos)

L
LIVRE

HÁ UM TEMPO PARA TUDO - Por João Antonio Pagliosa

Criaturas novas vivem novos tempos... Elas sabem, elas aprendem que há um tempo para tudo... E Deus, esteja você absolutamente certo disso, Deus tem um plano e um propósito na vida de cada ser humano.


Imprimir página

Compreendemos nós a dimensão de um sacrifício? Quando somos alcançados pelo sangue de Jesus, isto é, quando entendemos a dimensão de seu sacrifício, somos então transformados em novas criaturas.

Criaturas novas vivem novos tempos... Elas sabem, elas aprendem que há um tempo para tudo... E Deus, esteja você absolutamente certo disso, Deus tem um plano e um propósito na vida de cada ser humano.

Um plano específico para cada um de nós, a quem ama incondicionalmente. Ninguém viverá nesta terra eternamente, e a vida terrena é breve como um sopro, e breve como a fumaça que se esvai... É por isso, meus prezados, que há um tempo determinado para tudo acontecer.

Tudo tem um começo e tudo tem um fim, razão muito forte para que vivamos intensamente cada dia. Vida com entusiasmo e alegria... Vida em abundância porque viver o hoje nos conscientiza que o amanhã pode não existir.

Nós desconhecemos o que nos reserva o futuro, porém, o futuro será maravilhoso se nos esforçarmos um pouco mais no tempo presente. E para um cristão, o melhor de Deus ainda está por vir.

O rei Salomão escreveu o livro de Eclesiastes, e no capítulo 3, lemos: "Tudo tem o seu tempo determinado e há um tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de colher; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar de abraçar; tempo de guardar e tempo de desperdiçar; tempo de rasgar e tempo de coser; tempo der estar calado e tempo de falar; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz".

A sabedoria de Salomão era um dom de Deus, e bons ensinamentos são luz para nossa vida. O livro de Eclesiastes ensina muito, e neste mundo lotado de pessoas ansiosas que querem que tudo aconteça para ontem, sua leitura pode ser um bálsamo suave.

Há muitos obstáculos e percalços em nossos caminho, não obstante a vida é bela demais... Mas, precisamos ser sábios, e em João capítulo 15, aprendemos que árvores precisam ser podadas para darem bons frutos. Assim é também com o homem... Precisamos podar alguns galhos secos e pouco produtivos.

Precisamos podar coisas que vimos fazendo e que não nos edificam, precisamos parar com ações que não nos trazem nenhuma utilidade.

É comum observar pessoas que gastam um tempo enorme nas redes sociais, nos seus celulares com seus gamers e brincadeiras... Perdendo tempo precioso com futilidades, sem se importar com o mundo à sua volta... E vivem crises existenciais, e fecham-se em si mesmas e percebem-se desmotivadas de tudo.

Estas pessoas não estão vivendo os planos de Deus, e elas precisam se reposicionar porque hábitos ruins precisam ser podados.

Em Provérbios 18:24 há um alerta: Este versículo diz que o homem que tem muitos amigos poderá ser levado à ruína. Porém, existem amigos mais chegados e mais íntimos que um irmão.

Então, prezado leitor, elimine aqueles amigos que só lhe dão problemas, aqueles que o desmotivam e que o colocam para baixo. Coloque-os nos seus devidos lugares, isto é, pode-os. Defenestre-os!

Acredite você que me lê, existem amizades que não devemos fazer questão de leva-las adiante. E certamente, haverão amizades que precisaremos cultivar c om todo esmero e carinho.

Em Provérbios 24:33 compreendemos que é tempo de encerrar o ócio em nossa vida. A ociosidade levará as pessoas à ruína e eu não estou falando apenas em ruína financeira... O ócio acabará com a sua saúde, com o seu entusiasmo, com a sua alegria de viver.

E saúde será sempre a sua maior riqueza!

Viver de bem com a vida exige oração, meditação e contemplação. Exige principalmente a presença de Deus em nossa vida. Exige que acrescentemos virtudes a nossa fé, porque é o amor em Cristo que nos torna mais dóceis, que nos torna presença sempre festejada.

Fonte: 010 - João Antonio Pagliosa

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias