Terça-Feira, 11 de Abril de 2017 - 17:00 (Turismo)

L
LIVRE

GUAJARÁ-MIRIM COMEMORA 88 ANOS DE EMANCIPAÇÃO SE DESTACANDO COMO UM DOS DESTINOS TURÍSTICOS MAIS PROCURADOS EM RONDÔNA

Acervo da EFMM é um dos atrativos de Guajará-Mirim, que completou nessa segunda-feira 88 anos de emancipação


Imprimir página

Guajará-Mirim, emancipado em 10 de abril de 1929, é um município de interesse turístico, reconhecido pela  Superintendência Estadual de Turismo (Setur), que desenvolve diversas ações fundamentais no segmento em que atua. A revitalização do Museu Municipal Madeira-Mamoré e a construção dos centros culturais são exemplos, pois contribuem para o fomento do turismo e para economia local.

A cidade se destaca como um dos destinos mais procurados no estado devidos às suas belezas naturais e sua histórica. Segundo maior município de Rondônia em extensão territorial e oitavo em população, Guajará-Mirim recebeu o título de Cidade Verde, do Instituto Ambiental Biosfera, do no Rio de Janeiro, em razão de seu mosaico de áreas protegidas, que fazem da cidade um dos maiores municípios brasileiros em termos de áreas preservadas, com 93%.

Guajará possui excelentes atrativos para o desenvolvimento da indústria do turismo em larga escala. Guardião da história, o município abriga rico acervo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM), catedral de Nossa Senhora dos Seringueiros e inúmeras construções que retratam a memória de uma época em que o município concentrava a riqueza da região, baseada no Ciclo da Borracha.

O município oferece diversificadas opções de turismo, como o tradicional Duelo na Fronteira, evento folclórico entre os bois bumbas Malhadinho e Flor do Campo, além dos atrativos naturais que proporcionam aos amantes da pesca esportiva se deslumbrarem com os peixes gigantes da Amazônia.

Guajará-Mirim é um grande santuário de preservação da fauna e flora, onde são encontradas as belas praias do rio Pacaás Novos, local que apresenta o fenômeno do encontro das águas com o rio Mamoré e ainda o alto da chapada dos Pacaás Novos e o Parque Municipal Natural Serra dos Parecis.

No turismo de negócios, por estar na fronteira com a Bolívia, sedia a única Zona Franca do estado. A Área de Livre Comércio de Guajará-Mirim oferece excelentes oportunidades de compras de diversas mercadorias importadas de várias partes do mundo.

Fonte: 015 - rondonia ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias