Quarta-Feira, 18 de Abril de 2018 - 07:58 (Artigos)

L
LIVRE

GRUPO DE PARLAMENTARES VÃO A CURITIBA VERIFICAR AS CONDIÇÕES EM QUE SE ENCONTRAM O EX-PRESIDENTE

Por acaso as excelências se preocupam em saber in loco como os demais presos do país estão sendo tratados?


Imprimir página

Grande palhaçada dessa trupe de parlamentares que demonstram não ter o que fazer no Congresso e vão visitar Lula. Por acaso as excelências se preocupam em saber in loco como os demais presos do país estão sendo tratados?

A ex-presidente sul-coreana Park Geun-hye foi condenada a 24 anos de prisão por corrupção e abuso de poder e, no entanto, na Coreia do Sul  não houve nenhuma exaltação violenta similar à protagonizada por desvairados sectários esquerdistas brasileiros e nem os parlamentares foram inspecionar as condições da prisão ou como a condenada está sendo tratada.

O  ex-presidente do Peru Ollanta Humala foi preso preventivamente, acusado de lavagem de dinheiro e também, no Peru,  não houve nenhuma comoção desvairada e nenhum parlamentar foi inspecionar as condições da prisão ou como o preso está sendo tratado.

Por que  Lula, condenado por robustas provas, que comandava um esquema criminoso de saque sistemático de dinheiro público, como ficou provado na Lava-Jato, pode ter tratamento diferenciado, por exemplo, de um Fernandinho Beira-Mar, cuja única diferença entre ambos está no modus operandi de agir?

Lula ou qualquer outro condenado merece respeito humano, mas não pode o Judiciário permitir a intromissão de parlamentares no cotidiano carcerário de Lula, em desconsideração aos demais apenados do país.

Assim, causa perplexidade a audácia de um bando de hipócritas parlamentares se afastarem de suas obrigações no Parlamento para ir levar solidariedade a um condenado igual a outro qualquer.

Fonte: 015 - Julio Cardoso/News Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias