Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 - 12:29 (Agricultura)

L
LIVRE

GOVERNO VAI ATENDER PRODUTORES REMANESCENTES DA CONAB NO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS

O assunto, que também foi ponto de pauta do Grito da Terra Estadual de 2017, foi protocolado junto à direção da Conab, quando foi solicitada suplementação dos processos que não haviam sido atendidos.


Imprimir página

Em reunião realizada na sede da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), na última terça-feira (19), junto a representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagro), sindicatos rurais, direção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), União das Cooperativas de Economia Solidária (Unicafes) e presidentes de associações e cooperativas, ficou acordado que a demanda remanescente de produtores atendidos pela Conab junto ao Programa de Aquisição de Alimentos será efetivada a partir de agora pela Gestão do PAA, que é feita pela Seagri.

O assunto, que também foi ponto de pauta do Grito da Terra Estadual de 2017, foi protocolado junto à direção da Conab, quando foi solicitada suplementação dos processos que não haviam sido atendidos.

Em audiência na última semana junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), representado pelo secretário nacional de Segurança Alimentar, Caio Rocha, representantes da Fetagro, o presidente Fábio Menezes e Elessandra Dutra, secretária de Política Agrícola; representantes da Contag e ainda do senador Acir Gurgacz, foi feito um acordo para o repasse de recursos no montante de R$2,3 milhões para esse ano de 2017, a serem disponibilizados por meio do Governo de Rondônia. Na ocasião, o secretário Caio Rocha fez contato com o secretário da Seagri, Evandro Padovani, que concordou em realizar o atendimento da demanda.

Durante a discussão de terça-feira, com a presença da secretária Mary Braganhol, adjunta da Seagri, Fábio Menezes, presidente da Fetagro; Rosemberg Alves Pereira, superintendente substituto da Conab, e demais representantes sindicais, foi definido que os produtores com processos protocolados na Conab e mais 35 produtores do município de Jaru serão inseridos no total de atendimento do PAA, perfazendo 410 produtores distribuídos em onze municípios do Estado. Com a inclusão desses produtores, serão 3410 produtores familiares atendidos, com os recursos da próxima etapa do programa pactuados entre o MDSA e o Governo de Rondônia, na ordem de 9 milhões, incluindo a suplementação negociada pela Fetagro, no valor de R$2,3 milhões e ainda a suplementação de R$3 milhões, negociada pelo Governo do Estado.

Na reunião foi definido ainda que a Seagri encaminhará correspondência às prefeituras que operacionalizam o PAA, bem como às unidades da Emater-RO, para que os cadastros dos novos produtores a serem inseridos sejam feitos até a data de 10 de outubro. Os documentos pessoais dos novos produtores, bem como a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) deverão ser entregues na Gerência do PAA na Seagri, até o dia 27 de setembro. As decisões sobre remanejamento de recursos serão tomadas pelas direções da Seagri e Fetagro.

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias