Terça-Feira, 03 de Abril de 2018 - 10:13 (Educação)

L
LIVRE

GOVERNO ESTADUAL INAUGURA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NO BAIRRO AGENOR DE CARVALHO, EM PORTO VELHO

A estrutura inclui, além das salas de aula, área para convivência da comunidade e alunos, ginásio poliesportivo coberto e biblioteca entre outros espaços. As aulas começam amanhã, dia 4.


Imprimir página

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora do Amparo, localizada no bairro Agenor de Carvalho em Porto Velho, foi entregue solenemente à população nesta segunda-feira (2).  A estrutura inclui, além das salas de aula, área para convivência da comunidade e alunos, ginásio poliesportivo coberto e biblioteca entre outros espaços. As aulas começam amanhã, dia 4.

Ao descerrar a placa comemorativa, o governador Confúcio Moura reafirmou que inaugurar uma escola é investir nas crianças e oferecer oportunidade para que tenham conhecimento e ajudem seus pais. “Inaugurei recentemente um presídio, que é uma obra necessária.  Mas inaugurar escola dá mais alegria porque ela prepara a criança para que não precise ir para um presídio”, afirmou.

Inaugurada há 35 anos, a escola funcionou numa área oferecida pela Paróquia Nossa Senhora do Amparo, que tem matriz na avenida  Amazonas, no mesmo bairro. O espaço era alugado pelo governo do estado, mas a igreja necessitou de mais espaço para suas atividades sociais.

Outro prédio foi construído e para isto concorreu a intervenção da vereadora Ana Maria Negreiros, que tem forte liderança no bairro. Vai atender crianças do 1º ao 5º ano, este ano, em dois períodos. No próximo ano funcionará com o 6º ano.

Segundo Confúcio Moura, também foram importantes na construção da escola o deputado estadual Léo Moraes e seu colega de bancada Aélcio da TV. O governador destacou ainda que ambos fazem um mandato diferenciado,  pois destinam emendas para as escolas e são participativos na gestão das unidades escolares.

O reconhecimento do trabalho desempenhado pela vereadora Ana Maria Negreiros, conforme o governador, é um ato de justiça, uma vez que ela convive com a comunidade e sabe as demandas que precisam ser atendidas.

Durante muito tempo o padre Fabiano Eduardo ajudou a educação mantendo a escola na área da paróquia. Mas os serviços da igreja cresceram e houve necessidade de mais espaço para suas atividades rotineiras.

Confúcio Moura agradeceu ao pároco da igreja Nossa Senhora do Amparo por ter acolhido e mantido a escola por muito tempo. “Ele concedeu espaço para socorrer e salvar crianças”, disse.

“A comunidade continuava precisando da escola, que foi projetada por engenheiros do governo do estado. E estamos aqui para atender”, concluiu o governador.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias