Segunda-Feira, 23 de Julho de 2018 - 22:39 (Geral)

L
LIVRE

FURTOS NO COMÉRCIO DE PORTO VELHO DEIXAM EMPRESÁRIOS ASSUSTADOS E NO PREJUÍZO

Na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) os pedidos por socorro pelos empresários não param. Na ultima sexta-feira (20) uma reunião no Palácio do governador lideranças empresariais pediram providências ao comando da polícia militar.


Imprimir página

Avenida 7 de setembro, centro de Porto Velho. A região concentra as principais lojas de confecção da capital. No local o movimento tem sido prejudicado, não apenas por conta da crise econômica, mas também com os furtos freqüentes.

De um veículo de cor vermelha que costuma rondar as lojas durante as madrugadas bandidos entraram numa loja que fica entre a Avenida 7 de Setembro, entre Presidente Dutra e José de Alencar. Dois deles descem do automóvel. Em seguida caminham em direção a um prédio abandonado.

Enquanto os dois entram no prédio uma pessoa que está dentro do carro e mais dois homens numa moto acobertam os criminosos.  Um deles carrega uma de ferro. Foi com ela que eles quebraram a parede e tiveram acesso ao interior da loja. O prédio abandonado da antiga Ceron facilitou a invasão dos criminosos.

A ousadia dos bandidos foi tamanha que eles burlaram o sistema de alarme da empresa. Com o sensor coberto o alarme não disparou. O roubo começou a ser efetuado á meia noite e meia do dia 04 de julho, como mostra as imagens capturadas pelas câmeras de segurança do estabelecimento. As 3 da manhã os criminosos deixam o local com uma sacola e todo o dinheiro das vendas daquele dia.

Na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) os pedidos por socorro pelos empresários não param. Na ultima sexta-feira (20) uma reunião no Palácio do governador lideranças empresariais pediram providências ao comando da polícia militar.

“Na Avenida 7 de Setembro houve muita ocorrência desse tipo de assalto. A situação também é a mesma no centro comercial da Jatuarana (Zona Sul), José Amador dos Reis (Zona Leste) e também na Carlos Gomes que tem um diferencial. Na Carlos Gomes os bandidos entram nas lojas e rendem os proprietários para praticarem o roubo com assalto”, denuncia o gerente executo do CDL Francisco de Assis.

Quanto ao crime nenhum dos bandidos até agora foi preso. Pelas características, a polícia acredita que ‘quadrilha’ seja a mesma que vêm cometendo os furtos em outras regiões de porto velho.

“Eles (bandidos) estão arrombando as paredes, destruindo o concreto dos comércios, entrando atrás de dinheiro e produtos de tamanho pequeno. A Policia Militar já tem essas informações e esse mapeamento”, revela a CDL.  

Fonte: NewsRondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias