Quarta-Feira, 28 de Agosto de 2013 - 15:19 (Colaboradores)

FORÇA POLÍTICA DO MATO GROSSO IMPENDE CONSTRUÇÃO DE PONTE SOBRE O RIO ABUNÃ EM RONDÔNIA

É preciso tomar uma atitude com relação a essa ponte que não sai nunca do papel,mas que já existe um projeto para a sua construção, hora engavetado em algum lugar dos poderes em Brasília, ou depende se vai querer continuar pagando por um serviço que o governo federal tem a obrigação de fazer de graça.


Imprimir página

Em plena era do desenvolvimento, aplaudido pelo governo brasileiro é lamentável que pelo fato do simples benefício de um empresário do estado do Mato Grosso, a travessia da região conhecida como Ponta do Abunã no Rio Madeira, ligando Rondônia ao Acre seja realizada por balsas.

Porém o cidadão deixa acontecer, pensa: se você paga imposto, logo a obrigação do governo brasileiro o maior culpado até agora por essa que podemos classificar de falta de interesse para a construção da ponte é fazer com que a taxa obrigatória seja cancelada, e a travessia feita de graça, como obrigação do governo federal que não se atenta para o problema o qual o povo nortista já pagou com juros e correção. Uma forma de rever assim a falha no serviço da travessia que liga o Brasil com os países andinos.

Deixar que uma empresa de um empresário de fora leve vantagem no serviço  como vem acontecendo nesta parte de Rondônia há décadas é afronta com a cara do brasileiro. É preciso tomar uma atitude com relação a essa ponte que não sai nunca do papel,mas que já existe um projeto para a sua construção, hora engavetado em algum lugar dos poderes em Brasília, ou depende se vai querer continuar pagando por um serviço que o governo federal tem a obrigação de fazer de graça.

A construção desta ponte é assunto sério, o povo acreano  que depende mesmo que fora das suas divisas dessa construção, com a ajuda do rondoniense devem se unir e exigir da presidente, Dilma Rousseff que estará em visita ao Estado de Rondônia neste segundo semestre, o cumprimento urgente do empreendimento sobre o Rio Madeira no Distrito de Abunã. Chega de jogar nosso dinheiro rio abaixo.

Fonte: Emerson Barbosa

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias