Quinta-Feira, 29 de Setembro de 2016 - 13:29 (Eleições 2016)

L
LIVRE

FIQUE POR DENTRO, CONFIRA O QUE LEVAR NO DIA DAS ELEIÇÕES

A Coluna Espaço Livre, preparou um guia com perguntas e respostas sobre o pleito do próximo dia 2 de outubro.


Imprimir página

No dia 2 de outubro, os eleitores escolherão novos prefeitos e vereadores em todo o país. Esse ano, as eleições têm novas regras como previsto pela minirreforma eleitoral de 2015. Confira abaixo suas dúvidas sobre o pleito.

A menos de 03 dias para as eleições municipais, é hora de checar se os documentos estão em dia e ver as orientações para o dia de votação. Confira abaixo algumas perguntas e respostas que podem sanar suas dúvidas.

Quais as datas do 1º turno e, se houver, do 2º turno?

As eleições se realizarão no 1º domingo de outubro (02/10/2016), em 1º turno, e no último domingo de outubro, em 2º turno, se houver (30/10/2016).

Quais cargos estarão em disputa nestas eleições?

Os cargos de Prefeito (e Vice-Prefeito) e Vereador.

Quais documentos o eleitor precisa levar no dia da votação?

É obrigatória a apresentação de um documento oficial com foto (como carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação e outros).

Não precisa levar o título eleitoral, mas ele ajuda a localizar a seção de votação e acelera a identificação do eleitor, pelo número da inscrição eleitoral.

Quem fez cadastro dos dados biométricos (digitais, foto) também precisa levar documento de identidade oficial com foto?

Sim. 

Quem está com o título cancelado ou suspenso pode votar?

Não. Quando o eleitor tem o título cancelado ou suspenso a sua inscrição (o número do título eleitoral) não estará habilitada na urna eletrônica e seu nome não constará do caderno de votação. Se esse for seu caso, procure o cartório eleitoral a partir de 7 de novembro para regularização.

Quem é obrigado a votar? E quem é dispensado?

O voto é obrigatório para pessoas entre 18 anos completos e 70 anos. O voto é facultativo apenas para pessoas acima de 70 anos de idade e para as que estão entre 16 anos completos e 18 anos, que podem votar se já tiverem feito seu título de eleitor.

O eleitor que não votou nas últimas eleições poderá votar nestas eleições?

Sim, pode. Somente estará impedido de votar o eleitor que estiver com o seu título cancelado ou suspenso.

Se não votar no 1º turno, o eleitor poderá votar no 2º turno?

Sim, o comparecimento ao 2º turno das eleições continua sendo obrigatório, mesmo se o eleitor não tiver votado no 1º turno.

Como localizar o local de votação?

Caso esteja sem o título, o eleitor pode solicitar a segunda via do documento comparecendo ao cartório Eleitoral ou através do link onde está inscrito até 22 de setembro de 2016. Também é possível consultar seu local de votação clicando aqui.

Posso votar se estiver em outra cidade ou estado?

Como votar na urna eletrônica?

Basta digitar o número do candidato escolhido e apertar a tecla verde "Confirma". Caso tenha digitado errado, aperte a tecla laranja "Corrige". Isso deve ser feito para cada cargo que estiver em disputa. Há também tecla com a opção para voto em branco. Para anular o voto, é preciso digitar um número inexiste de candidato e apertar "Confirma".

Como é o voto de legenda?

O chamado voto de legenda é atribuído a determinado partido. Na votação proporcional (deputados e vereador), o eleitor aperta apenas as teclas referentes ao número da legenda e confirma.

A distribuição das vagas na eleição proporcional é feita somando-se todos os votos dos candidatos do partido ou coligação. Os votos de legenda entram nessa conta, aumentando as chances de o partido ou coligação obter mais vagas.

Posso levar "cola" para votar?

Sim. É possível levar anotados os números dos candidatos para facilitar a votação. Candidatos a prefeito têm dois números e a vereador têm cinco.

Moro no exterior. Posso votar?

Não. Somente nas eleições gerais.

Qual a possibilidade de haver 2º turno nas eleições para Prefeito?

Nos municípios com mais de 200 mil eleitores, se nenhum candidato alcançar maioria absoluta (50% mais um) na primeira votação, haverá nova eleição (2º turno), concorrendo os dois candidatos mais votados e considerando-se eleito o que obtiver a maioria dos votos válidos (brancos e nulos não contam).

BIOMETRIA

Como vai funcionar a votação com a biometria? O que será diferente?

Em Rondônia mais de 50% dos eleitores serão identificados pelas digitais.

Quem não fez o cadastramento biométrico dentro do prazo e teve o título cancelado, que procedimentos deve tomar?

Quem não realizou a biometria, nos municípios onde ela ocorreu de forma obrigatória, teve o título cancelado e não poderá votar nestas eleições.

Com o título cancelado, também não é possível justificar. O eleitor nessa condição deverá procurar o cartório eleitoral onde está inscrito a partir do dia 7 de novembro para regularizar a situação.

Onde pesquisar se o título foi cancelado?

Para saber se sua inscrição foi cancelada, veja sua situação eleitoral no link ou confira se a sua inscrição está regular (nesse caso poderá votar). 

O que fazer para evitar a multa de ausência nas eleições?

Para evitar a multa por ausência às eleições, o eleitor com inscrição cancelada pode:

  1. se estiver em município diferente do qual está cadastrado, requerer justificativa de ausência às urnas no dia da eleição, comparecendo em qualquer seção eleitoral ou mesa receptora de justificativas;

  2. requerer justificativa de ausência às eleições, no prazo legal, ao Juiz Eleitoral competente (a quem caberá analisar o requerimento e aceitar ou não a justificativa apresentada).

O eleitor pode portar adesivo ou broche ou levar santinho para consulta na hora de votar? Que cuidados tomar para evitar que isso se configure como boca de urna?

O eleitor pode se manifestar, desde que o faça de forma silenciosa. Pode usar camiseta, broche, adesivo e levar santinho, desde que não cause tumulto ou caracterize boca de urna.

Como acompanho a apuração?

O eleitor pode acompanhar o resultado por meio dos veículos parceiros da Justiça Eleitoral, que podem ser consultados no site do TSE.

Justiça Eleitoral de Rondônia- TRE/RO alerta para mudança em locais de votação

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia alerta os eleitores para as mudanças em alguns locais de votação em algumas zonas eleitorais de Porto Velho.

O eleitor pode fazer a consulta ao local de votação através do Disque-Eleição 0800 148 0148, do Portal do TRE-RO ou do aplicativo “Onde votar ou justificar” da Justiça Eleitoral.

Aplicativo “Onde votar ou justificar”

O aplicativo "Onde votar ou justificar" foi criado pela Justiça Eleitoral para facilitar o acesso do eleitor brasileiro ao local de votação e aos postos de justificativa em todo o Brasil, caso esteja fora do seu domicílio eleitoral.

O aplicativo funciona como um guia que auxilia os eleitores que estão em dúvida sobre a zona ou seção em que votam, permitindo ao cidadão fazer a consulta de forma rápida e segura, diretamente das bases de dados da Justiça Eleitoral.

Consulta no Portal do TRE-RO

A consulta ao local de votação pode ser feita por meio do nome do eleitor ou do número do título eleitoral. O eleitor pode saber seu local de votação acessando o site do TRE-RO no ícone “Eleitor” - "Serviços" - “ Título e Local de votação”, utilizando nome ou título e outros dados de segurança necessários.

Locais de votação que tiveram alteração

2ª Zona Eleitoral:

Escola Samaritana estará funcionando no prédio do Ceeja Padre Moretti, localizado na Rua Herbert de Azevedo, 1649, bairro São Cristóvão.

Escola Maria Izaura, que em 2014, funcionou no Proensino, retornando ao antigo endereço: Rua Jardim, 3418, bairro Costa e Silva.

6ª Zona Eleitoral:

A Escola Coronel Carlos Aloysio Weber foi extinta como local de votação e transferida para a Escola Municipal Padre Chiquinho, na Avenida Campos Sales, 908, bairro Areal.

A Escola Estadual Getúlio Vargas foi transferida para o Centro Universitário São Lucas, na Rua Alexandre Guimarães, 1927, bairro Areal.

20ª Zona Eleitoral:

Os eleitores da creche Mãe Margarida irão votar na Escola Ulisses Guimarães, na Rua Goiás, 10015, bairro Jardim Santana.

23ª Zona Eleitoral:

Os eleitores da Escola Flora Calheiros foram transferidos para a Escola Municipal Belezas do Buriti, na Rua Trindade – 190, bairro Flodoaldo Pontes Pinto.

24ª Zona Eleitoral:

No Distrito de União Bandeirante os eleitores que votavam na Associação de moradores da linha 01 irão votar na Igreja Assembléia de Deus da Missão.

Por Zecca Paim
Jornalista- MTB-1453/RO

Fonte: Zecca Paim

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias