Sabado, 19 de Dezembro de 2015 - 09:55 (Colaboradores)

L
LIVRE

FIM DE ANO CHEGOU!!! FESTA DA EMPRESA - COMO SE COMPORTAR?

É nas festas de final de ano das empresas que muitas situações embaraçosas acontecem. Como se comportar sem se preocupar com o “day after”?


Imprimir página

O fim de 2015 já está à porta e com ele chega as festas de confraternização das empresas e órgãos Públicos, tem muita gente que sabe se portar, já outros nem tanto, nosso assunto de hoje é justamente alertar os “pra frente”, como diz minha querida mãe, a se portar em um evento dessa magnitude. Sem dúvida, a festa de confraternização é um momento de socializar, trocar experiências e, claro, mostrar que você existe, mas tudo feito com muita discrição e elegância.

Ir ou não ir? A confraternização é o momento em que a empresa agradece seus colaboradores, estreita a parceria, comemora as conquistas e a conclui mais um ano de trabalho, além de propiciar um encontro descontraído. Mas, lembro que esses momentos também são grandes canais de relacionamentos “networking”, onde há uma aproximação entre todos, independentemente dos níveis hierárquicos. Portanto, estar presente nesses eventos torna-se importante e elegante, mesmo para os gestores, pois além de melhorar a amizade, demonstra seu interesse pelas realizações da empresa, evitando assim a taxação de pessoa não sociável ou que não gosta do ambiente de trabalho.

Pois bem, e agora? Você foi convidado por seu chefe e sua equipe se reunirá em breve para comemorar as Vitórias de 2015, e também para brindar a chegada do novo ano. Como se portar neste evento, quais são as regras básicas para não pagar vexame e sair com uma imagem boa da comemoração? Apesar de o clima ser de festa e bebidas e comidas serem servidas à vontade para celebrar mais um ano de trabalho, os funcionários devem estar atentos a algumas regras de comportamento e ter cuidado para que as atitudes praticadas durante a comemoração não tenham reflexos negativos na carreira profissional.

O bom mesmo, é você ter em mente que as festas promovidas pelo seu local de trabalho no fim de ano, obrigatoriamente devem ser encaradas como uma extensão do ambiente de trabalho e, por isso, nas comemorações, os funcionários não devem ter comportamentos que destoem daqueles que estão habituados a praticar no dia a dia dentro da empresa em que atua.

Estas comemorações, de fim de ano são positivas devido, principalmente, à oportunidade de relacionamento interpessoal que elas proporcionam. É uma ótima oportunidade para o funcionário melhorar o network dele. Ele fica mais próximo de outros funcionários e a proximidade faz com que as pessoas se gostem mais e se valorizem. Até para a empresa, essa é uma situação benéfica.

Nestes momentos de confraternização, o funcionário também é avaliado pelos seus superiores, quer queiram ou não, e as atitudes podem somar a favor ou contra o funcionário. Um comportamento negativo não seria motivo de uma demissão, mas de ser analisado e de serem colocadas em xeque algumas circunstâncias.

No decorrer do ano vindouro, pós-festas, pode ser, por exemplo, que seu chefe pensava em uma promoção para você ser líder de uma equipe, Gerente, subir de cargo ou quem sabe ocupar um lugar de destaque na empresa ou órgão, mas na festa, você bebeu todas, contou piadas, falou coisas desagradáveis e depois quer ocupar a vaga? E o líder é feito pelo exemplo, então já sabe, comportar nas festas organizadas pelos seus chefes também é motivo de avaliação na hora da promoção.

Quanto à vestimenta, escolher o look da festa costuma ser um problema para muitas mulheres. Se a festa for a de confraternização da empresa, pior ainda. O medo de estar chique de mais ou de menos ou de não parecer vulgar estão entre as principais dúvidas femininas nessa hora. Vestir-se de forma apropriada, esse é um dos itens mais delicados, pois há quem confunda festa da empresa com balada —  e, definitivamente, não é. Caso o tipo de traje não esteja especificado no convite do evento, tenha em mente que o encontro segue sendo profissional, por mais que o ambiente seja informal. Então, não exagere na hora de se vestir.

Uma dica importante, para as mulheres, a dica é evitar transparências, decotes exagerados, roupas muito justas, vestidos curtos, minissaias e cores chamativas. Afinal, se você não usou esse tipo de roupa durante todo o ano na empresa, para que usar na festa de fim de ano? Entendeu? Já para os homens, é adequado evitar bermudas, calças rasgadas e excesso de acessórios, como correntes e anéis. Que tal um jeans básico e uma camisa?

Além disso, os funcionários não devem se atrasar para chegar ao evento. É bom lembrar que as empresas e órgãos sempre se organizam com antecedência para esses Eventos, então todos os Funcionários devem cumprir o horário pré-estabelecido no convite. Na hora do jantar, a dica é que não haja tumulto e a fila para se servir seja respeitada.

Do relacionamento: Bom saber também que caso o você seja casado ou tenha um relacionamento amoroso com alguém da mesma empresa, a orientação é que o casal seja discreto. Você pode sim sentar ao lado da pessoa, pode conversar, mas não pode passar muito além disso como agarração, pegação. Na hora da dança o recomendado é que também sejam discretos, conversa sobre o relacionamento e discussões devem ser evitadas ao extremo.

Amigo Secreto: Agora sim, a parte mais crítica, pelo menos é o que eu penso (risos). Sempre compre o que o seu amigo pediu. Se não houver uma lista, escolha um vale-presente de uma livraria ou de uma loja de roupas, outra dica importante é a seguinte, não ultrapasse o valor definido para o presente (mesmo se tirar seu chefe, ou conviva com o apelido de puxa-saco para sempre), nem dê algo de menor valor. E por último, mas não menos importante tenha sempre em mente que na hora de apresentar o seu amigo secreto, não critique nem aponte defeitos. Fale das qualidades pessoais e profissionais dele. Assim você evitará constrangimentos e lembranças desnecessárias para os longos 365 dias de 2016.

Aos fumantes, a dica é ficar atentos ao hálito. Outro ponto importante é a quantidade de perfume usada. Perfume em excesso incomoda as pessoas que estão próximas.

Interação com os participantes - Uma dica é transitar durante a festa de fim de ano por grupos diferentes para conhecer os vários processos da empresa e melhorar o desempenho, assim, poderá até abrir caminhos para uma futura ascensão ou mudança, ou seja, tente se misturar, interagir com os amigos, mas também conhecer pessoas novas.

Tome nota de alguns cuidados a serem tomados:

Algumas atitudes devem ser evitadas como fazer declarações românticas para colegas de trabalho aos olhos de todos ou dançar de forma sensual causando constrangimentos aos participantes, dentre outras ações. Assim, apresento algumas dicas para que esses momentos sejam apenas de alegria e de descontração:

  1. Aceite o convite da empresa e participe da confraternização, pois isto poderá ajudar a criar um ambiente de relacionamento saudável;
  2. Não sendo possível comparecer, agradeça e informe o motivo pelo qual não poderá estar presente;
  3. Chegue no horário para que possa ter tempo de cumprimentar a todos, lembre-se não se trata de uma balada;
  4. Não exagere em bebidas alcoólicas durante a festa, beba com responsabilidade e não dirija após o término da festa;
  5. Crie um ambiente de igualdade e procure se relacionar com todos os presentes, misture-se e evite grupinhos;
  6. Use roupas discretas e condizentes com o ambiente, procure utilizar roupas alegres respeitando seu visual. As mulheres devem evitar roupas curtas ou com decotes e aos homens camisas abertas ou fora do padrão local;
  7. Seja cordial com todos os presentes independente se não tiver contato próximo e buscar falar de temas neutros que não prejudiquem a imagem da empresa ou das pessoas;
  8. Caso perceba que algum colega esteja exagerando, ajude-o retirando de forma sutil da situação e desviando a atenção para outros temas ou postura;
  9. Sugiro não ser o último a sair da festa, não é uma regra, mas evita exageros;
  10. Evite sair junto com os superiores, para que não passe a impressão que estava na festa apenas por causa do mesmo.

Toda festa é realizada com o intuito de que as pessoas aproveitem e, certamente, essa foi a intenção de quem a organizou. Por isso aproveite tudo que lhe é ofertado nesse momento. Porém, se algo não saiu ao seu agrado, evite criticar. Ninguém agrada a todos, mesmo que essa seja a intenção. Se você foi uma das pessoas que não agradou da escolha das músicas, da bebida ou da decoração, guarde isso contigo. Nada mais chato que uma pessoa que não sabe olhar as coisas pelo lado positivo. O simples fato da empresa oferecer um momento de descontração a você, já é algo que deveria, no mínimo, ser agradecido.

Creio que você tenha correlacionado diversas pessoas enquanto lia este artigo, lembrando-se de histórias cômicas ocorridas durante as festas de fim de ano. Caso não tenha conseguido se encaixar em nenhum grupo não se preocupe, talvez tenha sido seu senso crítico que não tenha permitido.

Como mensagem final, prudência, bom senso e profissionalismo devem guiá-lo, afinal de contas, você não irá querer mais uma dor de cabeça neste final de ano, irá?

Nessa época festiva, nos tornamos mais sensíveis e suscetíveis a reconhecer o valor das pessoas, por isso aproveito a ocasião para agradecer a todos meus leitores da Coluna “Espaço Livre” e por essa amizade que cultivo com o Fabiano Coutinho e Mauro Brisa, do Jornal Eletrônico “News Rondônia”.

A amizade é uma dádiva e não há presente, Papai Noel, árvore ou ceia que supere isso. 

Nesse Natal, desejo a todos tudo de mais belo e verdadeiro. Que suas famílias estejam unidas como manda o verdadeiro espírito natalino e que nossa amizade se perpetue por muitas e muitas festas como essa. O Natal é tempo de paz, amor e esperança e eu não poderia viver esses sentimentos sem compartilhá-los com amigos como vocês queridos leitores.

Fonte: Zecca Paim

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias