Terça-Feira, 05 de Dezembro de 2017 - 15:36 (Educação)

L
LIVRE

EXPERIÊNCIAS DE SOBRAL E ACRE PODEM MOTIVAR MAIS A EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA, DIZ VICE-GOVERNADOR DANIEL PEREIRA

Mais de 500 profissionais do interior e capital participam do evento, que conta com a presença do ex-governador do Acre Binho Marques e vice-governadora do Ceará Izolda Cela.


Imprimir página

Na abertura do seminário Maria Aparecida Rodrigues – Politicas Inovadoras para  a Educação, o vice-governador Daniel Pereira disse que as experiências exitosas dos estados do Acre e Ceará no setor podem contribuir e motivar ainda mais a educação  rondoniense. Mais de 500 profissionais do interior e capital participam do evento, que conta com a presença do ex-governador do Acre Binho Marques e vice-governadora do Ceará Izolda Cela.

“Conheci Sobral e o que foi feito na educação. Conheçam essa experiência. O município saiu de uma nota de 4,4 para 8,8 superando a média nacional no índice de Desenvolvimento da Educação Básica( IDEB)”, disse o vice-governador  Daniel Pereira.

Falecida neste ano, a professora Maria Aparecida Rodrigues foi homenageada pelos líderes sindicais Manoel Rodrigues (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia) e Abson Praxedes (Sindicato dos Servidores Federais de Rondônia), ambos ex-alunos da professora, citada também pelo vice-governador por sua persistente militância sindical. Um vídeo com depoimento sobra a trajetória de Aparecida foi exibido.

Logo após a apresentação do evento, o diretor da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), Ricardo Bocalon, presente no evento a convite do vice-governador, fez uma exposição sobre a instituição, criada em 2012  e mantida pelo governo estadual.

“A Univesp abriu a porta para uma demanda reprimida grande de pessoas que haviam parado de estudar e queriam ingressar no nível superior. Começamos com 2 mil alunos e já teremos no início do ano mais de 19 mil alunos. de mais de 200 municípios, o que significa 40% do total de municípios existentes em São Paulo”, disse Bocalon.

Segundo Daniel Pereira, o diretor da Univesp manterá reuniões nesta quarta-feira (6) com o secretário da Educação e profissionais da pasta para conversar sobre o trabalho de parceria com outros estados recém-iniciado pela universidade virtual.  “Seremos o primeiro estado do país a firmar a parceria com a Univesp, caso essa possibilidade aconteça”, disse.

Após a apresentação de Bocalon, o palestrante do Acre,  professor Binho Marques, ex-governador do Estado, relatou a transformação vivida na educação quando assumiu o cargo de secretário em 1999. Na época, o Acre disputava a dramática condição de 27ª unidade da federação com a pior educação do Brasil juntamente com Piauí, Maranhã e Alagoas.

Está prevista ainda a exposição da vice-governadora do Acre Izolda Cela, sobre Metodologia de Alfabetização, e Diego Ramiro, da Miura Investimentos, sobre educação financeira.

No evento, ainda pela manhã, o  vice-governador Daniel Pereira pediu aplausos para a professora Elisangela Suruí, vencedora do Premio Educação 2017, e manifestou solidariedade com atentado sofrido por ela poucos dias depois de ter recebido o prêmio, na estrada, em Cacoal, onde mora.

Na abertura estiveram o gerente de Sustentabilidade da Santo Antonio Energia, Guilherme Abbad; secretário adjunto da Educação Marcio Felix e promotor de Justiça Marcelo Lima.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias