Sabado, 08 de Outubro de 2016 - 09:40 (Eleições 2016)

L
LIVRE

EXPANSÃO E ATENDIMENTO NA SAÚDE SERÃO PRIORIDADES, DIZ LÉO MORAES

"População sofre com a precariedade do setor, que nunca funcionou à contento", completou o candidato


Imprimir página

"O nosso plano de governo, pé no chão e realista, prevê a ampliação imediata das equipes de atendimento do Programa Saúde da Família (PSF)", declarou o candidato a prefeito de Porto Velho Léo Moraes (PTB), nesta sexta-feira.

De acordo com o plano de governo do candidato, a ampliação deste programa, de fundamental importância para os distritos, é prioritário. Além disso, o plano prevê a integração de todos os sistemas informatizados nas unidades, serviços e setores de saúde, a implantação do sistema de comunicação via SMS (mensagem de celular)  ou através do aplicativo Whatsapp para agendamento de consultas, resultados de exames e outros serviços.

"Pretendemos modernizar todo o setor, a população merece isso, as pessoas estão cansadas de dar com a cara na porta fechada nos postos, até medicamentos simples estão faltando. Nós iremos humanizar o setor, de verdade. Quero ampliar o número de vagas de residência médica e promover a limpeza de terrenos baldios públicos e privados, saneando áreas que possam ser focos de doenças infectocontagiosas", declarou Moraes.

Veja abaixo as 14 principais propostas do plano de governo do candidato Léo Moraes para a área de saúde:

  • Ampliar equipes de atendimento do PSF (Programa de Saúde da Família);
  • Desenvolver programas de atendimento e atenção à saúde  na área rural do Município;
  • Renovar a frota de ambulâncias municipal;
  • Ampliar os mutirões para procedimentos cirúrgicos eletivos e ambulatoriais;
  • Integrar todos os sistemas informatizados nas unidades, serviços e setores;
  • Implantar a coleta de dados informatizada dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, por meio de computadores portáteis (Palmtop);
  • Implantar sistema de comunicação via SMS (mensagem de celular) com pacientes (agendamento de consultas, resultados de exames e outros serviços);
  • Fortalecer o Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas e acolhimento e tratamento de dependentes químicos;
  • Fortalecer os Conselhos Locais de Saúde, ampliando e democratizando o controle social sobre os gastos e ações da Saúde Municipal;
  • Desenvolver  Redes de Assistência à Saúde (saúde mental; psicossocial;  do idoso; de minorias;  urgência/emergência e pacientes portadores de necessidades especiais) com adoção de linhas de cuidado e protocolos de atendimento.
  • Promover a limpeza de terrenos baldios públicos e privados, saneando áreas que possam ser focos de doenças infectocontagiosas;
  • Promover ações e campanhas de educação preventiva e combate a doenças infectocontagiosas e zoonoses no município.
  • Implantação de Banco de Leite humano.
  • Incentivar a ampliação do numero de vagas para Residência Médica.

Fonte: assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias