Sabado, 28 de Novembro de 2015 - 12:53 (Colaboradores)

L
LIVRE

EXCLUSIVO - MILHARES DE REAIS EM MAQUINÁRIOS DO RESTAURANTE POPULAR VIRAM LIXO E ALVO FÁCIL DE BANDIDOS

O prédio em questão servia como Casa Abrigo, local onde a prefeitura acolhe mulheres em situação de vulnerabilidade.


Imprimir página

A irresponsabilidade com que a equipe do prefeito Mauro Nazif trata o dinheiro público beira as raias do absurdo. Neste exato momento em que você lê essa matéria, algum equipamento do Restaurante Popular pode estar sendo furtado de dentro do prédio em que a prefeitura abandonou no bairro Igarapé.

Um prédio abandonado localizado no bairro Igarapé, que é de propriedade do Município de Porto Velho e que está sob a responsabilidade da SEMAS, está servindo de depósito para "guardar" todo o equipamento que foi retirado do Restaurante Popular durante a última grande cheia de 2014. A prefeitura fala que os equipamentos estão todos perdidos, portanto tem que fazer uma nova licitação para a aquisição.

O prédio em questão servia como Casa Abrigo, local onde a prefeitura acolhe mulheres em situação de vulnerabilidade. O interessante disso tudo é que por conta de um simples problema em uma fossa, a SEMAS alugou um novo prédio, sendo que esse é DA PREFEITURA, pagando um preço de 4 mil reais por mês e deixou o outro abandonado sem nenhuma segurança. Aliás, a única segurança do local é uma imensa casa de marimbondos que fica ao lado do muro por onde os ladrões estão pulando e levando primeiro as coisas menos pesadas, como vaso sanitário, lâmpadas, cadeiras, mesas.

O Vereador Alan Queiroz (PSDB) acompanhou esse blogueiro até o local e pode constatar a veracidade das denúncias. O Vereador garantiu que já na segunda feira vai cobrar satisfação e também pedir um pedido de providências para que o local seja limpo e recuperado imediatamente para que evite assim mais desperdício com o dinheiro público. 

Todas as imagens estão sento encaminhadas direto para o MP e Tribunal de Contas. 

Carlos Caldeira

Fonte: Carlos Caldeira

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias