Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017 - 14:17 (Agricultura)

L
LIVRE

ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL NO CAMPO É ORIENTADA EM CARTILHA DISTRIBUÍDA A PRODUTORES RURAIS

A distribuição da cartilha foi anunciada em evento de treinamento aos extensionistas da Emater-RO


Imprimir página

Por meio de um termo de cooperação entre a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e a Empresa Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) os produtores rurais receberão cartilha que orienta o combate do trabalho infantil no campo. A ação iniciará em outubro em dez municípios, considerados os recordistas na utilização da mão de obra infantil.

A distribuição da cartilha foi anunciada em evento de treinamento aos extensionistas da Emater-RO

A cartilha apresenta informações, sugestões e métodos práticos e aplicáveis no dia a dia do homem do campo. A agricultura familiar é foco principal, já que crianças e adolescentes estão diretamente envolvidos em atividades laborais na propriedade dos pais.

“Quando referimos ao trabalho infantil estamos falando do serviço que causa dano ao menor”, sintetizou a secretária adjunta da Seas, Vilma Alves, acrescentando que “as atividades domésticas não podem interferir, por exemplo, na formação escolar do menor”.

“A ocupação demasiada da criança e/ou do adolescente em serviços na propriedade rural o afasta dos estudos, no futuro, essa pessoa terá uma tendência a migrar para cidade e enfrentar o subemprego”, enfatizou Vilma Alves, durante reunião técnica da Emater-RO na semana passada, em Ouro Preto do Oeste.

A parceria entre a Seas e a Emater-RO inicia a ação de divulgação da cartilha simultaneamente nas zonas rurais das cidades de Ariquemes, Cacoal, Jaru, Machadinho do Oeste, Porto Velho, Presidente Médici, São Francisco do Guaporé, Urupá, São Miguel do Guaporé e Vilhena, localidades em que a incidência do trabalho infantil foi constatada em levantamento da Seas.

“É uma ação que só fortalece o setor produtivo rondoniense, pois bem orientados os filhos dos produtores serão mais bem norteados sobre o próprio futuro”, disse o presidente da Emater-RO, Francisco Mendes de Sá, ao delegar aos extensionistas a tarefa de orientar os produtores rurais e distribuir as cartilhas.

 

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias