Quarta-Feira, 19 de Outubro de 2011 - 09:31 (Espaço do Internauta)

E-MAIL DE: ULISSES GUIMARÃES PARA: VALDIR RAUPP

Valdir, fiquei preocupado, muito preocupado. Se tudo o que ouvi for verdade o Reitor da Universidade não é flor que se cheire. E se for verdade que o maior apoio político dele é seu, do Presidente Nacional do meu PMBD


Imprimir página

De: Ulisses Guimarães

Para: Valdir Raupp

 

Assunto: cuidado com quem anda

 

Caro Valdir Raupp,

Estou usando este modo de comunicação pouco usual, mas muito prático,inventado pelo jornalista Elio Gaspari, para falar com os muitos vivos, daqui deste mundo dos mortos (esta palavra nunca usamos aqui e estamos discutindo uma definição mais apropriada).

Quando me mudei para cá em 1992, no dia 12 de outubro, a contragosto diga-se, você era filiado ao partido do Collor e estava curtindo as dores de perder as eleições para governador. Não tome como ofensa, mas naquela época nunca tinha ouvido falar em você. Quem me mantém atualizado sobre as coisas políticas de Rondônia é o Jorge Teixeira, camarada de papo agradável, mas repetitivo porque sempre fala de Rondônia.

Por ele soube que você virou governador, senador e afinal presidente nacional do PMDB. Este cargo foi meu durante muito tempo e sei o que ele significa. Por recomendação de Chico Xavier me mantenho afastado das notícias do PMDB, pois tendo sido fundador do partido considero ainda como um filho, mesmo que tenha se abastardado tanto que tenho vontade de negar a paternidade. Sentiu que a bile já me subiu a cabeça? Prefiro então conversar sobre filosofia do direito com o Miguel Reale, passeando pelos gramados daqui, que parecem saídos diretamente dos filmes americanos.

Desde meados de setembro os estudantes desta morada, que são muitos porque bem-aventurados, me convocam para a assembléia deles, insistindo que tenho que tomar conhecimento das notícias da Universidade Federal de Rondônia. Eu resisto, mas eles só me chamam de “Senhor Diretas”, meu apelido favorito, e ontem terminei participando. 

Valdir, fiquei preocupado, muito preocupado. Se tudo o que ouvi for verdade o Reitor da Universidade não é flor que se cheire. E se for verdade que o maior apoio político dele é seu, do Presidente Nacional do meu PMBD, então estou obrigado a lhe dizer duas ou três coisas.

A primeira coisa é: esteja sempre ao lado dos jovens. Quem você pensa que enchia as praças nas diretas já? A segunda: ouça os jovens com atenção, pois eles construirão o futuro. Que futuro existiria se os jovens de caras pintadas não derrubassem o Collor? A terceira: afaste-se dos corruptos como o diabo afasta-se da cruz. Por que apoiar alguém de conduta duvidosa, sobre quem pesa tantos indícios de corrupção?

Um maledicente advogado rondoniense me contou que o apoio ao Reitor é maior ainda por parte de sua esposa. Ela se diverte com o fato de ser a única deputada federal que tem um Magnífico como carregador oficial de pasta. A propósito, Aida manda recomendações a Marinha.

Com um forte abraço,

Ulisses Guimarães 

Fonte: Adilson Siqueira

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias