Quarta-Feira, 09 de Maio de 2018 - 12:23 (Esportes)

L
LIVRE

DURANTE FASE MUNICIPAL DO JOER, MAIS DE 100 ALUNOS SE ENFRENTARAM NO XADREZ EM CACOAL

Desde o dia dois de maio, aproximadamente mil alunos, de 24 escolas de Cacoal, disputam a fase municipal dos Jogos Escolares de Rondônia – Joer 2018.


Imprimir página

Desde o dia dois de maio, aproximadamente mil alunos, de 24 escolas de Cacoal, disputam a fase municipal dos Jogos Escolares de Rondônia – Joer 2018.

Até o dia 18 de maio, 16 modalidades esportivas serão disputadas, entre elas o xadrez. Ao todo, 150 alunos se inscreveram para a modalidade que conta com quatro categorias masculinas e femininas e infantil e juvenil. Cada categoria contará com dois representantes para disputar a fase regional do Joer.

Durante a realização dos jogos, 56 tabuleiros foram montados para a disputa, que tem duração máxima de 40 minutos. Cada jogador tem o tempo total de 20 minutos para realizar todas as suas jogadas. A partida é cronometrada.

Para o coordenador de Xadrez da fase municipal do Joer, Rogério Kester, o jogo é um aliado no desenvolvimento das capacidades de cada aluno. “O jogo de xadrez ajuda os alunos a desenvolverem diversas habilidades como atenção, concentração, criação de estratégias e muitas outras, além de ser uma diversão”, explica o professor.

De acordo com o professor, o tempo de cada partida tem variado bastante durante os Jogos Escolares. “A partida pode durar no máximo 40 minutos, mas tem partida que acho que não durou 30 segundos. Teve início a rodada e logo em siga os alunos já levantaram. Foi um xeque-mate bem rápido”. Sobre a importância de cada peça no xadrez, o professor Rogério Kester enfatiza que “no xadrez há a possibilidade de muitas jogadas, depende de cada fase do jogo. É preciso desenvolver uma boa abertura, no meio do jogo é preciso fazer as trocas de peças, a parte tática, para sair com vantagem na final. O rei, lógico, é a peça principal, mas a peça mais valiosa é a dama, ela se movimenta mais, é a companheira do rei”, alerta o professor.

Pela terceira vez consecutiva, a aluna Vitória Beatriz Martins, do 9º Ano B, gosta do xadrez por ser um jogo que a “faz pensar”. “Esse é um jogo de estratégia, a gente tem que pensar muito bem antes de decidir o que fazer para não errar e levar o xeque-mate. Eu gosto porque me faz pensar”, destaca a aluna da Escola Estadual Carlos Gomes.

Além dos finalistas do xadrez,  também foram conhecidos nesta terça-feira os finalistas do voleibol. Nesta quarta-feira, 09, tem início os jogos de futsal, futebol de campo, vôlei de praia. Já no dia 10 acontecem as batalhas do judô e dia 11 as disputas da natação e do ciclismo.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias