Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017 - 17:34 (Geral)

L
LIVRE

DIRETOR DA GLOBO É ACUSADO DE BATER EM UMA ASSISTENTE DE FIGURINISTA

A emissora carioca negou qualquer problema entre os funcionários e o diretor


Imprimir página

O diretor Luiz Fernando de Carvalho terá que se justificar dna Globo, após ser acusado de agredir fisicamente uma assistente de figurinista durante a série “Dois Irmãos”.

 “Ele chegou a agredir uma assistente de figurinista: deu um chute nas costas dela, que ficou roxo. Ela perguntou por que ele fez aquilo e ele saiu debochando”, relatou uma fonte ao jornal “O Dia”.

A pessoa ainda disse que a suposta vítima não registrou boletim de ocorrência. “Ela foi aconselhada pelos colegas a ir na ouvidoria que tem no Projac. No caso, o escândalo acaba sendo controlado por lá”, disse.

O profissional teria dito também que o diretor quis matar um animal nas gravações da minissérie: “Teve uma cena que um ator simulava matar um cordeiro. Ele queria que matasse [o animal] de verdade, mas aí foi convencido com muito custo a não fazer isto”.

Os profissionais teriam receio de ir contra Carvalho pelo fato de ele ser sobrinho de Lili Marinho, que foi casada com Roberto Marinho, fundador das Organizações Globo.

Não é a primeira vez que esse tipo de problema acontece. Para quem não se lembra, em 2015, quando gravava “Suburbia”, Luiz Fernando teria agredido o operador de áudio Tiago Mendes de Aguiar da Silva. Na época, o rapaz prestou queixa, mas os advogados da emissora teriam persuadido a vítima a retirar a queixa para minimizar a repercussão.

A emissora negou qualquer problema entre os funcionários e o diretor. “As relações entre os funcionários e colabores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos sub júdice da empresa ou de seus funcionários”, disse em nota o canal.

Fonte: 010 - noticias ao minuto

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias