Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 - 10:28 (Política)

L
LIVRE

DEPUTADO ANDERSON GARANTE O APOIO DE LIDERANÇAS DA CÂMARA FEDERAL PARA VOTAR A PEC QUE CRIA A POLÍCIA PENAL

Junto com a Fenaspen, parlamentar reforçou as articulações pela votação da PEC 372.


Imprimir página

As articulações para garantir a votação na Câmara dos Deputados da Proposta de Emenda Constitucional nº 372/2017 (PEC 372/17), que cria a Polícia Penal nos âmbitos federais e estaduais, ganhou esta semana em Brasília (DF) o reforço do deputado estadual Anderson do Singeperon (PV).

Juntamente com a Federação Nacional Sindical dos Servidores Penitenciários (Fenaspen), por meio do seu presidente Fernando Anunciação, e uma Comissão de Agentes Penitenciários do Distrito Federal, Anderson conversou com lideranças importantes, visando o apoio para inclusão da PEC na ordem do dia para votação no Plenário.

Um deles foi o presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que reiterou seu apoio pelos agentes penitenciários para que sejam reconhecidos no rol da segurança pública. “Vamos colocar, se Deus quiser, esses profissionais no art. 144 da Constituição. Estamos juntos. Parabéns por essa luta”, declarou Bolsonaro em um vídeo com o deputado Anderson direcionado para a categoria em Rondônia.

Anderson e a comitiva foram recebidos também pelos membros da bancada federal de Rondônia, deputados Marcos Rogério (DEM-RO) e Mariana Carvalho (PSDB-RO). Na ocasião, Marcos Rogério destacou a luta do parlamentar e seu apoio pela criação da Polícia Penal. “É um militante ativo dessa causa. Mesmo antes de ser deputado estadual, vinha aqui em Brasília, participava dos movimentos na busca de assegurar esse benefício da categoria.

“Eu já tinha feito compromisso com ele antes de ser deputado estadual, de votar a favor dessa PEC. Não só votar a favor, mas ser um defensor dela no Plenário porque a Polícia Penal é uma conquista do Brasil. É preciso dar um passo adiante, é preciso consolidar essa conquista. Isso representa segurança para o profissional e, principalmente, para a sociedade”, destacou Marcos Rogério.

A 2ª secretária da Mesa Diretora, Mariana Carvalho, também confirmou seu empenho para a aprovação da PEC 372. “O que a gente precisa é de segurança e a Polícia Penal tem pedido isso. É um apelo que vem sendo feito a algum tempo, ninguém aguenta mais esperar esse tempo de tramitação. Então, já estou colocando esse pedido na Mesa Diretora para a gente incluir na ordem do dia e fazer essa votação o mais rápido possível”, evidenciou.

Para o presidente da Fenaspen, o apoio demonstrado pelos parlamentares é fundamental. “Veio de Rondônia esse pontapé para que a Polícia Penal seja de fato votada na Casa. Esse era um ponto que precisávamos. Se Deus quiser, ainda este ano podemos ver esse sonho concretizado”, afirmou Anunciação.

A comitiva também se encontrou com o deputado federal Lincoln Portela (PRB-MG), um defensor da segurança pública e pela criação da Polícia Penal.

A PEC 372, que foi apensada à PEC 308, foi aprovada por unanimidade pelo Senado Federal e já conta com um requerimento de urgência aprovado e assinado por todos os líderes de partidos da Câmara para que a matéria seja colocada em votação o quanto antes.

Fonte: 012 - PressArt Comunicação

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias