Quinta-Feira, 30 de Junho de 2016 - 17:04 (Entrevistas )

L
LIVRE

DAVI GOMES DE SOUSA: CATADOR DE MATERIAL RECICLÁVEL E O CD PLANETA MUNDIAL

O nosso imenso planeta, sofre e chora por mim e por ti porque grande é a população, que não faz a preservação; lhe falo com toda a certeza; do fundo do meu coração, se todos firmarem na missão.


Imprimir página

"Catava quase tudo, com a crise que afetou o pais, não está tão fácil à vida dos catadores não, por isso estamos cantando material cuja comercialização é mais fácil como Alumínio, Cobre, Bateria, Chumbo, essas coisas’.

Quando subi no palco, o público todo em silencia e então comecei batendo palma e cantando: Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez... Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez, é isso que eu tenho para falar pra vocês"

Em consequência da tristeza que tomou conta de um evento do Ministério do Trabalho que aconteceu em Porto Velho, em virtude do falecimento de uma catadora de material reciclável que passou mal dentro da Van que transportava os participantes do encontro, Davi Gomes de Sousa se transformou em compositor especializado em canções que chamam a atenção para a preservação do nosso planeta. “Naquele dia a sala estava num silencio total, todo mundo triste, então pedi licença peguei o microfone e começai a cantar: “Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez”... Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez, é isso que eu tenho para falar para vocês”. Já em casa Davi resolveu dar continuidade àquela vocação que acabara de descobrir. Hoje tem composições que precisam ser gravadas num CD que inclusive, já tem até nome escolhido “Catador de Material Reciclável apresenta Planeta Mundial”.

Os interessados em colaborar com a gravação do CD do Davi devem entrar em contato através dos telefones que estão no final da entrevista ou então, se dirigir a Associação dos Catadores de Material Reciclável de Porto Velho – ASPROVEL no bairro Tancredo Neves.

ENTREVISTA

Zk – Natural de onde?

Davi – Sou natural do Maranhão nascido na cidade de Bom Jardim. Sou catador de material reciclável. Atualmente estou trabalhando para executar o projeto que é meu sonho, gravar um CD com músicas ambientais de minha autoria. A ideia é sensibilizar a comunidade em geral em prol da preservação do planeta. Gostaria que o nome do CD fosse “Catador de Material Reciclável apresenta Planeta Mundial”. Colocaram no CD Demo Catador reciclável.

Zk – Você mora em Porto Velho desde quando?

Davi – Vim para a região amazônica calculadamente há uns 35 anos, já morei no Para, Amazonas e agora estou aqui em Rondônia. Minhas músicas são em vários ritmos o tema é que é um só, ou seja, a preservação do meio ambiente.

Zk – Todo CD tem uma música que a gente chama de carro chefe. Qual a música de trabalho desse CD?

Davi – Gostaria que fosse uma cuja letra é assim: Eu, planeta hoje, estou passando mal situação; todos as cúmplices, são aqueles que não fazem a preservação. Todos seres viventes da terra, da água e do ar: Poucos se alimentam e vão respirar. Oh nações que não fazem prevenção. Saiba que eu não sou feliz não...

Zk – Você é sócio de uma Associação?

Davi – Sou sócio da ASPROVEL – Associação dos Catadores de Material Reciclável de Porto Velho que fica no bairro Tancredo Neves por detrás da Dydyo. Trabalho há dez anos como catador aqui em Porto Velho e há um ano passei a me dedicar a escrever música com o tema da reciclagem

Zk – Você cata todo tipo de material ou existe uma específica?

Davi – Catava quase tudo, com a crise que afetou o pais, não está tão fácil à vida dos catadores não, por isso estamos cantando material cuja comercialização é mais fácil como Alumínio, Cobre, Bateria, Chumbo, essas coisas. Caiu muito o comercio principalmente de garrafa pet e latinha a crise está afetando tudo.

Zk – Quem é o presidente da Associação e como é que funciona?

Davi – O presidente é o Geraldo. Funciona da seguinte maneira: o material que a gente recolhe leva para lá e eles providencia a venda, a gente deixa uma taxa para a manutenção da Associação.

Nossa Associação apenas prensa o material e acondiciona em fardos que são encaminhados para São Paulo. Nosso objetivo é agregar valores ao material colhido aqui em Porto Velho, transformando esse material aqui mesmo, infelizmente a burocracia é muito grande.

Zk – E o papelão?

Davi – É muita matéria prima para pouco preço. Nossa cidade é tão grande que bem poderia ter uma indústria para aproveitar esse papelão assim como existe em Manaus. Uma tonelada de papelão custa apenas 50 Reais é muito pouco. Alumínio, vidro, metais a gente vende logo, porém o plástico dependemos da negociação com empresas de fora e demora mais um pouco.

Zk – E o CD quando vai ser lançado?

Davi – Pois é isso que vim fazer aqui com vocês do Diário da Amazônia, falar sobre esse trabalho que estou desenvolvendo e colocar o produto CD a disposição de quem quiser apoiar sua gravação e divulgação. Empresários, órgãos públicos enfim, o público em geral pode participar colaborando para a gravação definitiva do CD “Catador de Material Reciclável apresenta Planeta Mundial”.

Zk – Canta mais uma aí...

Davi – O nosso imenso planeta, sofre e chora por mim e por ti porque grande é a população, que não faz a preservação; lhe falo com toda a certeza; do fundo do meu coração, se todos firmarem na missão. Nesta grande preservação. Vitória vamos conquistar. O nome dessa é “O Choro do Planeta”.

Zk - Outra...

Davi – “Catadores de todos Recicláveis” – Catadores catando os recicláveis é um trabalho da sustentabilidade. Também sou catador por gosto do trabalho; tem muita gente não consegue repetir. Catadores catando os recicláveis, é um trabalho árduo da sustentabilidade. Sou um catador de todos recicláveis. Essa batalha é árdua quem ganha é a sociedade...

Zk – Você tem família, mulher e filhos?

Davi – Tenho! Minha esposa é a Cleusa Nunes meus filhos Amós, e minha filha Clarinda. Meus filhos não trabalham com reciclagem pois meu sonho e vê-los formados, faço tudo para eles estudarem, deixa que eu junto o material reciclável, eles têm mesmo é que estudar.

Zk – Como foi que você viu que tinha essa veia poética de compositor musical?

Davi – Já viu falar em uma carreira musical que começou num funeral: Pois a minha foi assim. A gente estava num evento do Ministério do Trabalho. No primeiro dia após o almoço uma catadora passou mal dentro da Van e nós a levamos para UPA e lá ela veio a óbito. Fizemos o velório e tudo e no segundo dia do evento estava todo mundo muito triste, era um silencio total no auditório. Eu falei pra Isabel, que estava ao meu lado. Isabel deixa ir lá na frente dizer alguma coisa para ver se anima o pessoal: Ela, fica quieto Davi. Insisti até que ela falou para a coordenação que eu queria fazer uso da palavra e eles concordaram.

Zk – O que você fez para animar o público?

Davi – Quando subi no palco, o público todo em silencia e então comecei batendo palma e cantando: Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez... Um, Dois, Três o Planeta ainda tem vez, é isso que eu tenho para falar pra vocês.

Zk – Qual o telefone de contato para quem quiser apoiar a gravação do CD?

Davi – 999316-4557; 99974-0330; 99975-9672 falar com o Davi Gomes.

Fonte: Zé Katraca

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias