CRÔNICAS DO VELHO PORTO: A REDE SOCIAL - News Rondônia Enfim, levava sua vida com ânimo, mas sentia que precisava desenvolver mais os relacionamentos.

Porto Velho,

Sexta-Feira , 27 de Setembro de 2013 - 15:17 - Colaboradores


 

CRÔNICAS DO VELHO PORTO: A REDE SOCIAL

Enfim, levava sua vida com ânimo, mas sentia que precisava desenvolver mais os relacionamentos.

ImprimirImprimir página

Era um cara comum, possuía seus anseios e suas frustrações, e em média estava sempre de bom humor. Gostava de ler (é, talvez não fosse tão comum), assistir filmes e ouvir música. Não fazia muito sucesso com as garotas. Tinha um emprego razoável. Enfim, levava sua vida com ânimo, mas sentia que precisava desenvolver mais os relacionamentos. Levado pela moda digital, ao invés de sair e procurar atividades para conhecer novas pessoas e aumentar seu ciclo de amizades, melhorando sua vida social, resolveu comprar um notebook e assinar uma internet dessas de moldem 3G (que nunca são 3G).

Em 27 de setembro de 2013 Fulano de Tal entrou na rede social

Começou a adicionar todas as pessoas que conhecia de vista, os poucos amigos que tinha, a família (inclusive os parentes mais distantes). Em pouco tempo já possuía 1000 amigos na rede social. Recebia convites de jogos, de eventos, até conversava com alguns pelo bate-papo. Muitas vezes cruzava com alguns deles na rua e nem sequer lembrava dos fortes laços de amizade que estabeleceram entre curtidas, comentários e compartilhamentos de status.

Fulano de Tal curtiu o status de Beltrano de Tal

Fulano de Tal compartilhou a atualização de status de Beltrano de Tal

Fulano de Tal comentou a foto de Beltrano de Tal

Entre uma hora de trabalho e outra acessava a rede social pelo celular, postava frases de efeito, frases de pensadores, as notificações em sua página borbulhavam, cada vez mais amigos adicionavam-lhe.

Solicitações de amizade 125 -  Bate-Papo 10 – Notificações 159

Possuía amigos de todos os tipos. A religiosa que postava passagens bíblicas o dia todo e na calada da noite postava fotos seminua. O revoltado sem causa que postava contra o sistema o tempo todo de dentro de seu quarto climatizado com tudo pago pelo papai. Os que só entravam na rede social para mandarem convites de jogos. Os comerciantes que postavam seus produtos. Os atletas que postavam sua malhação periódica. Os artistas postando sua arte e seu egocentrismo. Os “posta tudo” que postam até quando vão ao banheiro. Os culinários e seus pratos de comida. Foi quando conheceu uma menina e de todo resto ele se esqueceu.

Fulano de Tal começou uma amizade com Sicrana de Tal

Conversavam por horas pelo bate-papo. Ela curtia todas as postagens dele e vice-versa.

Fulano de Tal começou um relacionamento sério com Sicrana de Tal

Quando se encontravam pessoalmente eram tímidos e acabavam conversando pelo bate-papo da rede social através do celular. Ali um de frente com o outro como se ali não estivessem. O contato físico era quase nulo. Mas os Check-ins eram muitos.

Fulano de Tal está com Sicrana de Tal em Barzinho da Cidade

Sicrana de Tal foi marcada na foto de Fulano de Tal em Shopping da Cidade

Na rede social o namoro ia de vento em polpa. Até que algumas postagens de outros fulanos para a Sicrana começaram a incomodar o Fulano de Tal. E um dia enquanto ela foi ao banheiro em uma lanchonete ele resolveu mexer no celular dela.

Sicrano de Tal disse: oi gatinha!

Sicrana de Tal disse: oi lindo!

Sicrano de Tal disse: posso passar ai mais tarde?

Sicrana de Tal disse: pode sim...

Sicrano de Tal disse: e seu namoradinho, não vai tá aí não?

Sicrana de Tal disse: não... ele só vem aqui no fds...

Sicrano de Tal disse: hum blz...

Sicrana de Tal disse: tô louca de saudade...

Sicrano de Tal disse: eu também gata...

Sicrana de Tal disse: rsrsrsrs

Sicrano de Tal disse: combinado então...

Sicrana de Tal disse: blz...

Sicrano de Tal disse: bjus na boca!

Sicrana de Tal disse: bjux...

Clicou no botão Excluir Conta e se suicidou de sua vida social. Ou, quem sabe, talvez agora ela comece...

*Sugestão de Tema: José Danilo Rangel

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: Renato Gomez

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt