Sabado, 07 de Abril de 2018 - 10:17 (Política)

L
LIVRE

CRISTIANE LOPES BUSCA RESPOSTAS SOBRE MÉDICOS NA SEMUSA

A única informação entregue à Cristiane Lopes, foi a lista dos médicos que atuam nas UPAs da zona Sul e zona Leste.


Imprimir página

A Secretaria Municipal de Saúde não tem o levantamento dos médicos lotados que atuam nas Unidade Básicas de Saúde e nem a escala de plantão de cada um deles. A vereadora Cristiane Lopes (PP) confirmou a informação após ir até a Semusa para buscar o relatório que foi solicitado por meio de ofício, no dia 07 de março. "Resolvi vir até aqui, pois estas informações estavam demorando para chegar em meu gabinete. Não acreditei quando vi que o relatório ainda está sendo feito e tudo isso por conta do ofício que enviei", declarou a vereadora.

A única informação entregue à Cristiane Lopes, foi a lista dos médicos que atuam nas UPAs da zona Sul e zona Leste. De acordo com os dados da secretaria, 24 médicos estão lotados na UPA SUL e 23 médicos na UPA LESTE. "Agora fica mais uma vez a pergunta. Onde estão esses médicos e porque a população sofre tanto com a falta desses profissionais nas Unidades de Pronto Atendimentos? Com essa quantidade para cada unidade, não temos motivos para que os pacientes fiquem sem atendimento", desabafou Cristiane Lopes.

O secretário adjunto, Marcos Vinicius afirmou à parlamentar que a informação sobre os médicos que atuam nas Unidades de Saúde da Família, serão encaminhadas para o gabinete da vereadora até a próxima terça-feira, dia 10. "Esse relatório está sendo feito com as informações do RH e assim que terminarmos, vamos encaminhar para a vereadora", ressaltou Vinicius.

Ainda em reunião com o secretário adjunto, Cristiane Lopes desabafou sobre descaso com a saúde do município no primeiro ano de mandato do executivo. "É inadmissível uma situação como esta. Além de vereadora, eu também estou aqui como cidadã e usuária do SUS. O mínimo que a secretaria pode fazer é cobrar que esses médicos estejam nos seus postos de trabalho no horário de atendimento. Eu espero que com essas informações em mãos a secretaria não deixe mais faltar atendimento médico na nossa cidade", finalizou Cristiane.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias