Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017 - 12:24 (Tecnologia)

L
LIVRE

CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO CRIA APLICATIVO PARA DENÚNCIAS E FISCALIZAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO EM RONDÔNIA

A partir de segunda-feira (20) começa a funcionar o aplicativo de celular Controle Cidadão – RO, que é uma plataforma que permite ao cidadão fazer denúncias, reclamações ou elogios, com possibilidade de envio de foto.


Imprimir página

A Controladoria Geral do Estado (CGE) entra na área da tecnologia como instrumento de defesa da cidadania. A partir de segunda-feira (20) começa a funcionar o aplicativo de celular Controle Cidadão – RO, que é uma plataforma que permite ao cidadão fazer denúncias, reclamações ou elogios, com possibilidade de envio de foto. Além disso, o cidadão poderá visualizar o andamento de sua fiscalização e acessar o Portal da Transparência do Estado de Rondônia.

Para o controlador geral Francisco Netto, esse é mais um passo para consolidar o governo de Rondônia como referência na transparência e combate à corrupção. Segundo ele, o aplicativo foi desenvolvido pelos técnicos de transparência da CGE, de maneira que o cidadão, quando acessar o dispositivo e encaminhar sua sugestão, vai receber um protocolo e poder acompanhar na palma da mão o seu desenrolar. “A ferramenta é mais um passo do governo no combate à corrupção e uma oportunidade da sociedade fiscalizar o bem público”.

O aplicativo Controle Cidadão – RO está disponível nas plataformas Android e IOS, ele tem quatro ícones de serviços: fiscal cidadão, portal transparência, consulta fiscalização e o manual de uso do aplicativo.

O analista de sistemas da CGE, Frank Benício, explicou que no ícone fiscal cidadão, por exemplo, vai pedir a identificação da pessoa que enviar as sugestões ou reclamações, seu e-mail, um pequeno texto com as informações necessárias, opção de fotos e, também, existe a sugestão de manter o sigilo das pessoas. As informações do aplicativo irão direto para o banco de dados da CGE, que tomará todas as providências necessárias.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias