Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2018 - 15:30 (Economia)

L
LIVRE

COMO ESCOLHER O MELHOR TIPO DE GÁS PARA O RESTAURANTE?

Diferente do GN, que vem de encanamentos subterrâneos da rua, o GLP é disponibilizado por meio de cilindros ou tanques, que são abastecidos frequentemente, sem que haja o risco de interrupção.


Imprimir página

Para quem está pretendendo abrir um restaurante ou mesmo refazer o projeto do seu estabelecimento, pode surgir a dúvida sobre qual gás para restaurante é a melhor escolha: GLP ou gás natural. Reunimos abaixo algumas considerações que podem ajudar o empreendedor no momento de definir o projeto de sua cozinha profissional.

GLP ou GN: qual a escolha ideal?

Primeiro, é preciso avaliar quais as opções de abastecimento disponíveis na região do empreendimento. Alguns locais não recebem a distribuição de gás natural, e neste caso a escolha natural é o gás GLP, que chega a qualquer local por conta do abastecimento a granel. Diferente do GN, que vem de encanamentos subterrâneos da rua, o GLP é disponibilizado por meio de cilindros ou tanques, que são abastecidos frequentemente, sem que haja o risco de interrupção.

Além da disponibilidade da região, verifique também o impacto da obra nas despesas e na operação do negócio, sobretudo em estabelecimentos que já estão em funcionamento e vão passar por uma adaptação. O local já possui encanamento específico? Há um lugar disponível para a instalação do abrigo de GLP, se essa for a opção?

É preciso também ter em mente que, em caso de obras na região ou outros imprevistos no encanamento do gás natural, o abastecimento pode ser interrompido, gerando prejuízos. O projeto do seu restaurante conta com uma forma de contornar esse problema?

Além do uso como combustível para cozimento, o estabelecimento pretende utilizar o gás para outros fins, como aquecimento da água da torneira? Se sim, o projeto também precisa contemplar essa possibilidade desde o início, evitando retrabalhos e intervenções posteriores na instalação de gás.

A escolha do gás ideal para restaurante, portanto, vai depender do que o empreendedor busca no seu estabelecimento e do que é mais prático para o seu dia a dia.

Fonte: Aline Matos - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias