CAUÃ REYMOND BEM SENSUAL E IRRECONHECÍVEL SOBE NO SALTO E VIVE TRAVESTI EM VIDEOCLIPE - News Rondônia Cauã Reymond interpreta uma travesti no novo clipe de Barbara Ohana, lançado na manhã deste último domingo, dia 19. No clipe da música "Your Armies", o ator aparece de salto alto, maquiagem e cabelo comprido para viver a personagem Clara.

Porto Velho,

Segunda-Feira , 20 de Junho de 2016 - 19:06 - Colaboradores


 


CAUÃ REYMOND BEM SENSUAL E IRRECONHECÍVEL SOBE NO SALTO E VIVE TRAVESTI EM VIDEOCLIPE

Cauã Reymond interpreta uma travesti no novo clipe de Barbara Ohana, lançado na manhã deste último domingo, dia 19. No clipe da música "Your Armies", o ator aparece de salto alto, maquiagem e cabelo comprido para viver a personagem Clara.

ImprimirImprimir página

Êpaaaaaaa, Migos seus Loucos! Já te disse que aqui na nossa Coluna “Espaço Livre” rola de tudo Néh, pois é, olha isso! Se você está acostumado a ver o ator Cauã Reymond exibindo seus músculos e o tanquinho ao surfar em praias cariocas ou de terno em eventos de gala ou até mesmo sendo o galã de alguma novela Global, prepare-se para uma nova versão do galã.

No clipe "Your Armies" da cantora Barbara Ohana, sobrinha da atriz Claudia Ohana, Cauã surge irreconhecível na pele da travesti Clara, com direito a peruca loira, salto alto, corset de renda e muita, muita sensualidade mesmo!

O trabalho, que foi dirigido por Allexia Galvão e Daniel Rezende em preto e branco, também conta com a participação do ator Julio Machado, que atuou na primeira fase de 'Velho Chico'.

O clipe conta a história de uma travesti que é vítima de homofobia, mas se vinga de seu agressor. A personagem entra em um bar onde a cantora Bárbara Ohana se apresenta, e é paquerada por um dos cliente do estabelecimento (interpretado por Júlio Machado, o jagunço da novela Velho Chico), que está com amigos. Os amigos do "paquera" riem e apontam para a transexual, mas o rapaz continua a paquerar a garota, com trocas de olhares.

Aparentemente cansada de ser motivo de chacota, a travesti, com lágrimas nos olhos, se afasta do bar, mas o personagem de Júlio a segue. Eles se encontram em um local reservado, onde acontece a cena mais quente do clipe: Júlio passa suas mãos no rosto de Cauã, e o dedo indicador em seus lábios, em um momento repleto de erotismo. Infelizmente o erotismo é interrompido no momento em que eles quase se beijam.

 

Entretanto, a noitada não acabou para o jovem homofóbico. Ele volta para o bar e, ao final da noite, leva como prêmio pelo mau comportamento nada menos que a própria Bárbara Ohana. A cantora e e Júlio vão para seu quarto e começam um jogo erótico, que envolve dominação e submissão. Bárbara amarra o rapaz na cama e... sai de cena.

A travesti atacada então aparece no quarto, para espanto de Júlio. Cauã dá início à uma dança sensual no seu collant apertado. Se aproxima da cama e... e, e, e,e, veja mais no player abaixo:


Directors: Allexia Galvão & Daniel Rezende

Polêmica e debate:

Desde o Lançamento do novo clipe da cantora Bárbara Ohana, um importante debate tem sido levantado ao redor da questão da representatividade LGBT. O vídeo da canção “Your Armies” com a representação de Cauã Reymond de salto alto, vestido, cabelo cumprido e maquiagem, interpretando uma travesti, que relata um episódio de transfobia e vingança vivido pela personagem gerou no Público muitas reações ao vídeo apontando para a incoerência de se fazer uma espécie de denúncia e, ao mesmo tempo, colocar um ator global para viver uma travesti, enquanto diversos trans e travestis de fato poderiam representar o papel.

A pergunta era simples e direta: por quê não chamar um travesti, no lugar de um ator global? Ora, entendo que se, não fosse a presença marcante do ator Global, talvez o debate não tivesse sido sequer levantado, talvez nem eu nem você estaríamos agora lendo sobre esse assunto.

Há provavelmente um pouco de verdade em ambos os olhares sobre a questão, e acreditem este tema deve ser levado a sério, e tratado como algo real e importante, principalmente em um país como o nosso, tão atrasado no que diz respeito às representatividades em geral, levantar tal debate, por mais que pareça pouco, já é de fato um avanço, e nesse sentido a presença de um ator Global é sim relevante.

Em entrevista ao "O Globo", Cauã conta como se preparou para viver a personagem: "Já na reta final de 'A Regra do Jogo', parei de malhar por uns dois meses para perder os músculos. Apesar de magro, sou um cara de estrutura larga e tentei suavizar meus traços ao máximo. Nas férias também andei todo dia de salto alto em casa, fazia tudo o que tinha que fazer de salto, senão como ia chegar nas gravações e andar com aquele salto 10? Também precisei me acostumar com a peruca. Foi uma experiência muito rica, principalmente para suavizar meu gestual, porque eu sou um cara mais bruto".

E você? O que achou?

José Carlos Paim
Professor e Jornalista MTB-1453/RO 

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: Zecca Paim

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt