Domingo, 28 de Julho de 2013 - 12:30 (Espaço do Internauta)

CASO TALITA – MATERNIDADE MÃE ESPERANÇA

Por outro lado, familiares e amigos dizem-se satisfeitos com o trabalho e as investigações realizadas pelo Ministério Público estadual.


Imprimir página

Passados três meses de seu falecimento, consequência de suposta negligência médica ocorrida na Maternidade Mãe Esperança, a família de Talita Carvalho de Oliveira segue aguardando posicionamentos das autoridades sobre o caso que vitimou sua ente querida em 28 de abril de 2013.

Apesar da Maternidade ter negado informações, inclusive o prontuário médico da paciente, a mãe de Talita, Sra Rita Carvalho, espera que a administração municipal venha a público informar o andamento da Sindicância Interna instaurada logo após a cobrança pela imprensa e sociedade por respostas.

Por outro lado, familiares e amigos dizem-se satisfeitos  com o trabalho e as investigações realizadas pelo Ministério Público  estadual. A instituição, desde o princípio, mostrou-se atenta aos fatos e evidências, dando o prosseguimento necessário para que de fato a justiça seja feita, e que desta forma, outras mães possam adentrar a maternidade de Porto Velho sem precisarem passar pelo mesmo terror que a família de Talita Carvalho  viveu no fadigo domingo, 28 de abril.

Nilce Carvalho (Tia de Talita Carvalho de Oliveira)

Fonte: Nilce Carvalho

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias