Quarta-Feira, 27 de Setembro de 2017 - 16:04 (Cultura)

L
LIVRE

CARNAVAL 2018 - PREFEITO REÚNE BLOCOS PARA TRATAR DA ORGANIZAÇÃO DAS MANIFESTAÇÕES

Representantes dos blocos de carnaval de rua da Capital, onde, junto com o presidente da Fundação Cultural, Antônio Ocampo, definiu alguns assuntos pertinentes a organização do desfile dos blocos já do ano que vem.


Imprimir página

O prefeito dr. Hildon Chaves reuniu na manhã desta quarta-feira (27), no salão nobre do Palácio Tancredo Neves, representantes dos blocos de carnaval de rua da Capital, onde, junto com o presidente da Fundação Cultural, Antônio Ocampo, definiu alguns assuntos pertinentes a organização do desfile dos blocos já do ano que vem. “É um evento cultural que deve ser mantido com a devida organização. Os blocos têm suas obrigações, assim como o município na questão da infraestrutura”, afirmou o prefeito ao iniciar o encontro.

Foi colocado em pauta a unificação de somente um percurso de desfile de todos os 16 blocos existentes na cidade, mas os representantes preferiram a manutenção da descentralização dos desfiles, no que foi acatado pelo chefe do executivo. “Por questão de tradição e ainda pra evitar violência, fica mantido o desfiles dos blocos do jeito que está, ou seja, a Banda do Vai Quem Quer, os blocos da zona Sul e zona Leste, entre outros, ficam com os devidos circuitos atuais”, determinou o prefeito.

Também foi discutido o calendário oficial do evento, que terá ao todo 13 dias de festa, mas o decreto autorizando o período momesco será assinado no período de 31 de dezembro, dia do desfile do bloco Mistura Fina, até dia 18 de fevereiro. “Dessa forma os blocos ficam juridicamente com suporte para organizarem os desfiles”, acrescentou dr Hildon, que prevê a assinatura do documento na semana que vem.

SATISFAÇÃO

Todos os dirigentes dos blocos se disseram satisfeitos com a reunião. Elogiaram a iniciativa do prefeito e do presidente da Fundação Cultural, Antônio Ocampo, em reunir antecipadamente os integrantes pra definir o carnaval 2018, à exemplo da presidente da Banda do Vai Quem Quer, maior bloco de carnaval de rua da região Norte, Siça Andrade.

“É elogiável a atitude do prefeito Hildon Chaves e do presidente da Funcultural em dialogar com os representantes dos blocos. Muita coisa ficou definida. Tenho certeza que todos estão saindo daqui aliviados e também sabendo quais serão as responsabilidades do município e dos blocos. Certamente quem sai ganhando é a população com um carnaval mais organizado”, finalizou Andrade.

LEI 190

Do encontro ainda participaram os vereadores Márcio Miranda e Elis Regina. Na oportunidade o prefeito encarregou os dois de reverem a Lei 190, que trata de grandes eventos. “Desde que assumi minha missão é simplificar leis, ou seja, resolver gargalos. Se há problemas com a 190, peço aos vereadores que se reúnam com os representantes dos blocos e revejam o que diz o documento e o que fazer para que funcione satisfatoriamente”, finalizou.

Fonte: 010 - comdecom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias