Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018 - 11:51 (Geral)

L
LIVRE

CAMPUS PARTY RONDÔNIA RECEBE 1º FÓRUM INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA SUSTENTÁVEL

Realizado em parceria com o Sebrae Rondônia, evento reunirá especialistas de diversas áreas para debater durante dois dias temas como uso da água, plantação de florestas em áreas desmatadas, relações econômicas e tecnologia a favor da Amazônia


Imprimir página

Algumas das principais características da Campus Party são deixar legados pelas praças por onde passa e promover ao longo do evento discussões e debates sobre temas de grande impacto e interesse para a região. Não será diferente na primeira edição da Campus Party Rondônia, que acontece entre os dias 01 e 05 de agosto, no Sesi, em Porto Velho.

Será promovido o 1º Fórum Internacional da Amazônia Sustentável – parceria do Instituto Campus Party com o Sebrae de Rondônia e o governo do Estado. Representantes do governo e especialistas de áreas como tecnologia, empreendedorismo, engenharia ambiental, biologia, engenharia florestal, turismo e educação se reunirão no palco principal para debater e trazer soluções para a Amazônia, relacionadas a temas como uso da água, recuperação e preservação de nascentes; questões ambientais que trazem impacto direto e indireto à Amazônia.

Os temas de destaque são: desmatamento (Programa Desmatamento Zero), plantação de florestas em áreas desmatadas; Redução das Emissões pelo Desmatamento e Degradação da Floresta (REDD); políticas públicas sobre resíduos sólidos; legislação ambiental; saneamento básico; energias alternativas; cidades inteligentes e conectividade; turismo e sustentabilidade; desenvolvimento de programas que estimulem o empreendedorismo e o acesso à tecnologia nos grupos de risco social, comunidades e jovens na Amazônia; promoção de uma educação com foco na sustentabilidade; saúde para ribeirinho e indígenas; entre outros.

“Não escolhemos Porto Velho para ser a sede da Campus Party na região Norte do Brasil por acaso. O objetivo é converter Rondônia na capital digital da Amazônia. O Fórum que estamos organizando para esta edição da Campus reunirá representantes de todos os estados que tem ligação com a Amazônia em um fórum de dois dias de duração para pensarmos em soluções que promovam não apenas as transformações que se fazem necessárias na região, mas que sirvam de apoio para a preservação local. No final da Campus este fórum será transformado em um manifesto, que encaminharemos para todas as esferas do governo”, explica Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party.

O desmatamento é um dos maiores problemas enfrentados em toda a região amazônica. Em Rondônia, por exemplo, 40% da superfície do Estado já foi desmatada. “Esse índice, assim como o que ocorre no Pará, já é maior do que a área territorial destinada a plantação de muitos países”, conta Valdemar Camata Júnior, diretor superintendente do Sebrae Rondônia e um dos responsáveis pela organização do fórum, que completa: “Nada mais propício do que usar a Campus Party, um evento que respira inovação e conectividade para chamar a atenção para os grandes problemas enfrentados hoje na Amazônia e que impactos eles trarão para o Brasil e o mundo em um futuro próximo. E mais do que isso, usar a Campus Party Rondônia como uma ponte para tornar a Amazônia um polo digital, um ambiente tecnológico a favor do planeta”.

Campus Party Rondônia

01 a 05 de agosto de 2018

Local: SESI - Porto Velho

Grade de programação do 1º Fórum Internacional da Amazônia Sustentável:

02/08/2018 – 12h - Abertura do Fórum

02/08/2018 -  14h - Palestra

02/08/2018 – 16h - Mesa redonda

02/08/2018 – 18h - Palestra

03/08/2018 – 12h - Mesa redonda

03/08/2018 – 18h - Encerramento

Sobre a Campus Party:

A Campus Party é a maior experiência tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Equador. O evento está presente no Brasil há dez anos.

Fonte: 015 - Hanna Barros

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias