Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2015 - 09:35 (Colaboradores)

L
LIVRE

CÂMARA DE CANDEIAS DEVE CASSAR MANDATO DE PRESIDENTE E PREFEITO JÁ NA PRÓXIMA SEMANA

A situação do município de Candeias é tão delicada, que o atual prefeito é na verdade o vice eleito na última eleição e com a queda do titular assumiu a cadeira e agora também se vê envolvido em um grande lamaçal de denúncias de malversação do dinheiro público, fraude em licitação e tantas outras.


Imprimir página

Graves denúncias contra o presidente da casa Neilton Bento Santos (PROS), seus assessores diretos e até o setor jurídico que diz "ser defensor apenas do presidente" mas quem paga os honorários são os munícipes de Candeias, podem resultar no afastamento imediato do mesmo e ainda respingar no prefeito Francisco Sobreira, que assim como Neilton, enfrenta uma enxurradas de graves denúncias, inclusive já sendo apuradas pelo MP e Tribunal de Contas.


"Populares" lotam as dependências da câmara cobrando moralidade

A situação do município de Candeias é tão delicada, que o atual prefeito é na verdade o vice eleito na última eleição e com a queda do titular assumiu a cadeira e agora também se vê envolvido em um grande lamaçal de denúncias de malversação do dinheiro público, fraude em licitação e tantas outras. Já o Presidente da câmara, o vereador Neilton Bento Santos, é apenas "presidente em exercício", já que ele era o presidente anterior e o regimento interno não permite sua reeleição e mesmo assim, em uma manobra política ele conseguiu ser reeleito para o cargo com um quórum de apenas dois vereadores na sessão de votação da última mesa diretora.

Compunham a mesa diretora do primeiro biênio [2012-14], os vereadores Neilton Bento dos Santos [Presidente], Carlos Cezar [Vice-Presidente], Junior Silva [1º Secretário], Lúcio Rojas [2º Secretário]. Com a liminar, com efeito de caráter monocrático, os eleitos para o biênio 2015-16 foram destituídos e mantidos os anteriores, que passam à condição de interinos até nova eleição

Confira agora algumas das muitas denúncias contra o presidente da casa.

1 - DIRECIONAMENTO DE LICITAÇÃO. Em especial nos processos 006/2014/CMCJ e 003/2014/CMCJ que tratam da obra de reforma realizada na câmara municipal de forma ilegal, haja vista que o acesso aos demais processos foi negado pelo presidente;

2 - FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS para realização de despesas pelo vereador presidente;

3 - CRIAÇÃO DE CARGOS COMISSIONADOS de forma ilegal para beneficiar parceiros políticos e comerciais;

4 - Ato 007/CMCJ/2014 ilegal do presidente cancelando concurso público já realizado e homologado, com o claro objetivo de beneficiar-se das nomeações de servidores em cargos comissionados;

5 - Criação e nomeação ilegal de vários cargos comissionados;

6 - EXTORSÃO DE SERVIDORES nomeados pelo próprio presidente que eram obrigados a "dividir" seus salários com o presidente.

7 - Apuração contida no Inquérito Policial nº 81/13-DPCCJ/RO dos possíveis crimes de fraude em licitação, utilização de documentos falsos, improbidade administrativa, extorsão e outros.

As denúncias que chegam na câmara de vereadores são de cidadãos comuns, como a senhora DENISE SILVA DO NASCIMENTO que se sente prejudicada por ter sido uma das 12 aprovadas no concurso cancelado pelo presidente para beneficiar os seus, e também dos próprios vereadores que não conseguem avançar em nenhuma votação porque em cada sessão o presidente arruma uma desculpa nova para encerrar a sessão a seu bel prazer.

O presidente Neilton Bento foi procurado e ficou de se manifestar até as 10hs da manhã desta quinta-feira e não o fez. O mesmo  pediu para aguardar até hoje para publicar a matéria com sua versão, e como ele preferiu o silencio.

Fonte: Carlos Caldeira

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias